(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Várias ações lembram o movimento “Outubro Rosa” neste fim de semana

Saúde Comentários 18 de outubro de 2018

Dezenas de participantes da sexta etapa do Circuito Anapolino da Corrida de Rua levarão mensagem sobre importância da prevenção


Não há combinação melhor para se ter uma boa qualidade de vida do que saúde e esporte. E é assim que a Prefeitura trabalha, promovendo nessas duas áreas, atividades que alcancem toda a população. Neste Outubro Rosa, os participantes do Circuito Anapolino de Corrida de Rua têm mais que cinco quilômetros pela frente. Eles também levam a mensagem de que o diagnóstico precoce do câncer de mama pode salvar vidas.
A sexta etapa da corrida, que terá chegada e largada no Parque Ipiranga, no próximo domingo, 21, às 8h, será um ponto importante de conscientização da população. Além do engajamento dos atletas profissionais e amadores, o evento ainda terá ações de saúde como verificação de pressão arterial e de índice de massa corporal, orientações sobre o câncer de mama e colo de útero e instruções de como fazer o autoexame.
Para a coordenadora do programa de Saúde da Mulher, Lorena Diogo, o evento esportivo é uma grande oportunidade de divulgar a campanha Outubro Rosa.“É um importante reforço para o nosso trabalho”, frisa. Desde o início do mês são realizadas em diversas unidades de saúde do município, uma série de atividades como palestras, orientações, momentos de lazer, beleza e esporte, ações em saúde, além de atendimentos e consultas exclusivas às mulheres.
Na terça-feira, 16, por exemplo, a mobilização aconteceu nos postos do Bairro JK (foto), Setor Industrial Munir Calixto e no distrito de Interlândia. Até o fim do mês a programação conta com atividades que buscam estimular o autoexame de mama para prevenção desse tipo de câncer, o principal alvo da campanha Outubro Rosa. “Uma das formas mais simples de prevenção é a realização do autoexame. E estamos ensinando como fazer”, diz Lorena Diogo.
O câncer de mama é o que possui a maior incidência e mortalidade na população feminina em todo o mundo. O Outubro Rosa tem como público-alvo mulheres, com idade acima de 40 anos ou que tenham sintomas ou histórico de câncer de mama na família. A proposta é conscientizá-las sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce desta doença.

A campanha
O movimento Outubro Rosa nasceu na década de 90 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.
O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).
No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. O diagnóstico precoce é essencial para se garantir a detecção da doença em seu estágio inicial, aumentando em mais de 90% o sucesso do tratamento.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Combate à “farra” dos cartões do SUS

17/01/2019

O Prefeito Roberto Naves anunciou que deverá enviar uma equipe técnica para conhecer o modelo de gestão de uma espécie de...

Secretário Municipal de Saúde faz “raio-x” nas unidades ligadas ao setor

17/01/2019

Avaliar de perto a realidade de cada uma das unidades da rede municipal e fiscalizar a prestação de serviços ao cidadão. ...

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...