(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Violista anapolino premiado no Festival de Campos do Jordão

Cultura Comentários 02 de agosto de 2013

Natanael Ferreira iniciou os seus estudos musicais na Escola de Música de Anápolis e, hoje, integra a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás


Integrante da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, o violista Natanael Ferreira, de 18 anos, ganhou o prêmio máximo do Festival de Inverno de Campos do Jordão-SP, que se encerrou dia 21 de julho. Ele foi o destaque do Festival, recebendo o Prêmio Eleazar de Carvalho 2013. A premiação inclui bolsa de estudos no valor de R$ 48 mil para uma escola de música no exterior (1,4 mil dólares por mês) e as despesas de viagem entre o Brasil e o país escolhido. Natanael optou pelo Conservatório Real de Haia, na Holanda. Em setembro o músico viaja para iniciar seus estudos, que terão a duração de nove meses.
Natanael Ferreira iniciou seus estudos musicais em 2004, com nove anos de idade, na Escola de Música de Anápolis. Seu primeiro instrumento foi o piano, mas dois anos depois passou para a viola. Aos 12 anos, ingressou na Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, onde está até hoje como spalla (primeiro violista) do naipe de violas.

Nova York
No mesmo festival de Campos do Jordão outro goiano também foi premiado. Ex-integrante da Orquestra Jovem, o violinista Thierry de Lucas Neves, de 17 anos, ganhou uma bolsa de estudos para a Julliard School de Nova York. Além do prêmio, ele foi também o spalla (primeiro violinista) da Orquestra do Festival de Campos do Jordão, um importante feito para os participantes do evento. Para conseguir essa posição, Thierry concorreu com violinistas de várias partes do mundo.
A Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás é vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec) através do Centro de Educação Profissional (CEP) em Artes Basileu França. É formada por 180 alunos da instituição, sendo dividida em cinco grupos. O maestro Eliseu Ferreira é o regente desde 2002, já tendo se apresentado em importantes salas de espetáculo do País e mesmo no exterior, com uma turnê pela Espanha em 2011. O grupo é mantido através do Programa Bolsa Orquestra, criado pelo Governo de Goiás em 2005 e desde 2009 recebe o apoio da Endesa Cachoeira em vários projetos e parcerias.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Música, artes, teatro e dança com inscrições abertas

12/01/2018

As inscrições para ingresso nas unidades culturais de Anápolis estão abertas. As escolas de Dança, de Artes Oswaldo Vera...

Duas boas exposições estão abertas para o público

05/01/2018

A Secretaria Municipal de Cultura e a Galeria de Artes Antônio Sibasolly apresentam a última temporada de exposições de 2...

Sesc abre inscrições para cursos

05/01/2018

Que tal começar 2018 fazendo arte? O Sesc Anápolis já está com matrículas abertas para aulas de Balé, Dança do ventre ...

Vagas em oficinas de animação e gravura

29/12/2017

Acontecem em janeiro as oficinasEntre quadros – o DNA da animação e Gravura em matriz de plástico, com os artistas visua...