(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Viaduto da Avenida Universitária sai do papel

Cidade Comentários 06 de maro de 2011

As obras devem ser iniciadas ainda este mês, com recursos próprios do Tesouro Municipal. A previsão de entrega, se tudo correr bem, é para o mês de dezembro


Ainda no decorrer do mês de março terão início das obras de implantação do primeiro viaduto no setor urbano de Anápolis. Ele vai ficar na confluência das avenidas Presidente Kennedy e Universitária, ponto de convergência de grande parte do tráfego automobilístico da Cidade e que se constitui em um dos principais gargalos do escoamento do trânsito no Município. A pista da Kennedy ficará sobre a da Universitária, o que, de acordo com os técnicos e engenheiros ligados à obra, deverá permitir um sensível desafogo no intrincado trânsito daquela parte da Cidade.
O Prefeito Antônio Gomide e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável, engenheiro Clodoveu Reis Pereira, confirmaram a definição do projeto, assim como as datas de início e de conclusão do serviço. O dinheiro vem dos próprios cofres da Prefeitura, com a obra orçada, inicialmente, em R$ 9 milhões. Ainda, conforme os dois, a entrega deverá ocorrer até o mês de dezembro. O início dos serviços de movimentação de terras deve ocorrer dentro de poucos dias, aguardando-se, somente, que cesse o período de chuvas mais intensas. Além disso, a CMTT (Companhia Municipal de Trânsito e Transportes) estará providenciando a logística a ser aplicada no escoamento do trânsito naquela região da Cidade enquanto o trecho estiver interditado.
Obra inédita
Ressalte-se que o viaduto da Avenida Universitária é inédito em termos de tráfego urbano central. Na década de 90 a Prefeitura (Administração Wolney Martins) construiu o viaduto “Ayrton Senna”, na passagem do setor Anápolis City para a região do Bairro de Lourdes, um investimento ousado para a época. Embora estivesse em uma rodovia Federal, sinalizando que deveria ser uma iniciativa do Governo da União, a obra foi totalmente custeada pela Prefeitura o que, inclusive, rendeu alguns dissabores políticos, já que o Governo Estadual, à época (Governo Maguito Vilela) que se comprometeu em ajudar financeiramente, acabou não cumprindo com a promessa na totalidade, deixando a Prefeitura em dificuldades financeiras. A construção do “Ayrton Senna” se deu em virtude do elevado índice de acidentes rodoviários registrados na região que, por muitos anos, ficou conhecida como “trevo da morte”.
Agora, com a construção do novo viaduto, Anápolis entra para uma fase mais moderna e evoluída na logística de tráfego urbano, acompanhando o que já existe em diversas cidades brasileiras. Conforme disse o Prefeito Antônio Gomide, este viaduto será o primeiro de uma série que se pretende edificar na Cidade. Há projetos para outro, na confluência da Avenida Brasil Norte com a Avenida Fayad Hanna, proximidades da Estação Rodoviária. Outra proposta é para um viaduto na Avenida Brasil Sul, confluência com a Rua Engenheiro Portella, altos da Vila Góis. Mas, o grande sonho dos anapolinos é, mesmo, um viaduto na confluência das avenidas Goiás e Brasil, região central da Cidade, cruzamento de maior movimento do trânsito urbano em Anápolis. Aliás, para este viaduto existe, até, uma maquete elaborada há alguns anos, mas que nunca evoluiu para a concretização.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...