(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Vereadores repudiam “crucificação gay” em São Paulo

Geral Comentários 12 de junho de 2015

Assunto virou polêmica nas redes sociais e repercutiu na Câmara Municipal


A reaberturas dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal, na última segunda-feira,08, ocorreu em meio a protestos de vários vereadores sobre a “crucificação gay”, ato que ocorreu durante a Parada do Orgulho Gay, em São Paulo, e que repercutiu em todo o País, devido encenação de uma transexual no papel de Cristo.


O debate foi puxado pelo Vereador Wederson Lopes (PSC), que é pastor evangélico. Para ele, a parada gay de São Paulo que impor o que chamou de “ditadura do homossexualismo”. E repudiou, veementemente, a imagem que correu o mundo de lésbica, seminua, crucificada como Jesus. E, também, de um homem beijando outro também junto a uma cruz. E lamentou que o evento, “uma ofensa aos cristãos”, tenha sido patrocinado com dinheiro público.


“São pessoas intolerantes. Nós tivemos também em São Paulo a Marcha para Jesus e ninguém tripudiou com os homossexuais. Nós, cristão, pregamos a paz, o amor e a tolerância”, disse o Vereador, acrescentando que espera que a Prefeitura Municipal não direcione recursos para a Parada Gay em Anápolis. “Se passar pela Câmara, faremos tudo para barrar”, frisou. O parlamentar destacou que, nas redes sociais, inclusive, pessoas renomadas, sérias e que são homossexuais assumidos, também manifestaram-se contrários ao que ocorreu em São Paulo.


“Em minha família, tenho pessoas que são homossexuais, mas elas agem com respeito. Para que agredir um credo religioso? Tem que respeitar as religiões, tem que respeitar quem é heterossexual”, comentou o Vereador Mauro Severiano (SD). O seu colega, Vereador Sargento Alberto (PTN), também manifestou repúdio aos atos da parada gay de São Paulo que, na sua opinião, deveriam ser tratados, em alguns casos, como crime de atentado e violência ao pudor. “Quem organiza, deveria responder por isso”, ponderou.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...