(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Vereador desconfia de entidade de recuperação de drogativos

Cidade Comentários 05 de junho de 2014

Entidade do interior paulista vende produtos em Anápolis. Casa de Recuperação existe e desenvolve trabalho voluntário


O Vereador Wilmar Silvestre (PT), em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, relatou um caso que, segundo ele é, no mínimo, estranho e carece de uma maior averiguação. Há poucos dias – contou - teve acesso a um kit vendido no sinaleiro próximo ao prédio do Poder Legislativo, por um grupo que dizia pertencer a um centro de recuperação de drogativos.
Ao chegar em casa, o parlamentar disse ter ficado atônito ao perceber que o tal kit não pertencia a nenhuma instituição anapolina, mas, a uma casa de recuperação localizada no município de Jardinópolis, no interior paulista. Vilmar Silvestre frisou que ficou intrigado pelo fato de uma instituição vir tão longe para fazer este tipo de arrecadação, fora de seu estado de origem. “Ainda que não seja algo ilegal, poderiam, pelo menos, ter dado alguma satisfação”, reclamou, dizendo desconhecer essa instituição, ao passo que, no Município, são várias as casas de recuperação que necessitam de doações da população para sobreviver. Conforme os dados na embalagem, trata-se do Centro de Recuperação Olaria de Deus.
O Vereador Paulo de Lima (PDT), em aparte, informou ter conhecimento de que as pessoas responsáveis pelas vendas dos kits não seriam de fora, mas, de Anápolis. Fato que o se colega Wilmar Silvestre disse desconhecer e que, segundo ele, tornou-se, ainda mais, intrigante.
O Vereador Wederson Lopes (PSC), que preside a Frente Parlamentar de Políticas sobre Drogas, disse que chegou a abordar um dos rapazes e o mesmo confirmou que era de Jardinópolis-SP. “Nada contra esta entidade, mas nós temos aqui comunidades terapêuticas sérias, idôneas e que precisam de ajuda”, ponderou. O Vereador Gleimo Martins (PTN) observou que não tem visto as entidades da Cidade realizando este tipo de trabalho, ou seja, vendendo produtos nas esquinas para arrecadar fundos para os seus projetos. O parlamentar lembrou um projeto de sua autoria que acabou derrotado na votação em plenário e que previa a normatização das atividades das pessoas que fazem algum tipo de comércio nas ruas. Conforme observou, a proposta não vingou ante a justificativa de que já havia previsão no Código de Posturas. “Se já existe a lei, então tem que haver fiscalização”, cobrou.

O outro lado
O CONTEXTO conseguiu contato por telefone com Gleidson Douglas Ribeiro, responsável pelo Centro de Recuperação Olaria de Deus e ele confirmou que a entidade faz campanhas para obter doações em outras cidades. No caso de Anápolis, o trabalho é desenvolvido por um grupo de apoio de Uberlândia, no Triângulo Mineiro e que tem ligações com Goiás.
O Centro, segundo informou, não conta com nenhum apoio governamental e, por isso, faz este tipo de trabalho. Atualmente, conforme informou, são atendidas 45 pessoas, com idade acima de 16 anos, que têm dependência química - drogas ou álcool. A sede e o CNPJ da entidade, disse, estão de fato na cidade de Jardinópolis-SP. No local, há diversos tipos de acompanhamento e trabalhos em horta, criação de animais e atividades afins.
Segundo consta no site da instituição, a Casa de Recuperação Olaria de Deus é uma entidade de direito privado, de caráter filantrópico, cristã, que trabalha na área de recuperação e orientação de pessoas com transtornos decorrentes de uso abusivo de substâncias psicoativas.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis gerou 139 novos empregos formais em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo, Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, a...

Anápolis mantém redução alta em casos de dengue

18/08/2017

A dengue tem dado uma trégua em Anápolis, desde o começo do ano. No último boletim epidemiológico divulgado pela Secreta...

Desvio de rede de esgoto interdita trecho da Avenida Brasil

18/08/2017

O diretor geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte, Carlos Cezar Toledo, comentou, em sua rede social, sobre as...

Gerados 139 novos empregos em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, al...