(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Vereador defende mudança no pacto federativo

Política Comentários 08 de dezembro de 2017

Para Leandro Ribeiro, alta concentração de recursos no governo da União prejudica os municípios


O vereador Leandro Ribeiro (PTB) usou a tribuna durante a sessão ordinária da última quarta-feira, 06, para defender mudanças no Pacto Federativo em relação a promover a divisão igualitária de impostos.
O petebista explicou que o Federalismo Fiscal, regido pelo artigo 146 da Constituição Federal define que 65% da arrecadação fiscal fica com o governo federal e apenas 9% com os municípios. “Uma distribuição desigual, ou seja, no Brasil o governo é rico e o povo é pobre”, declarou o parlamentar.
Leandro argumentou que a distribuição justa deveria ser feita da seguinte forma: 33% - Governo Federal; 33% - Governo Estadual e 33% - Governo Municipal. O vereador explicou que a divisão injusta dos impostos prejudica investimentos necessários nos municípios.
“Aqui em Anápolis temos a urgência para a construção de um viaduto na região do Recanto do Sol, mas para viabilizar a obra é preciso aguardar o apoio do Governo Federal na destinação da verba”, declarou.
Junto com o prefeito Roberto Naves (PTB), o parlamentar se reuniu com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, em novembro deste ano. A previsão é conseguir a liberação de recursos para iniciar a obra pelo menos até agosto de 2018.
“Sou a favor de igualar essa distribuição de renda e assim os municípios terão receita suficiente para fazer esses benefícios. Essa situação faz com que os prefeitos corram para Brasília atrás de serviços que são necessários para as cidades”, declarou Leandro Ribeiro.
Por fim, o vereador lamentou que a complexidade para trazer verba federal para os municípios, faz com que muitos serviços essenciais como saneamento básico, asfalto, segurança pública, saúde e desenvolvimento social não sejam realizados de acordo com o desejo da população.
Estado
Na sessão do dia anterior (05), o Vereador Teles Júnior (PMN), voltou a carga de crítica contra o Governo do Estado. Ao comentar uma reunião que teve com representantes do comércio varejista, sobre a segurança no Natal, o parlamentar criticou o fato de o governo ter levado algumas viaturas para o conserto e ter feito festa ao trazer outras novas para a cidade, embora o número de veículos não tenha aumentado. “Também não houve o acréscimo de efetivo. Delegacias não foram melhoradas e não foram implantados novos leitos de UTI. A obra de reforma do presídio foi paralisada, o centro de convenções não foi inaugurado e o anel viário também não teve continuidade”, disparou.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Resolução define regras para escolha e registro dos candidatos

19/01/2018

Uma das dez resoluções sobre as normas que irão reger as Eleições Gerais 2018, aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitora...

Licitação para a retomada da obra deve acontecer, ainda, este mês

12/01/2018

O 1º secretário da Câmara Municipal, Leandro Ribeiro, informou que a Casa espera para, ainda, este mês, a conclusão do p...

Lista dos municípios beneficiados pelo Ministério das Cidades

05/01/2018

O Ministério das Cidades divulgou nesta quinta-feira, 04 uma lista com 95 municípios selecionados pelo programa Cartão Ref...

Cinco eleições em uma, além de muita indefinição para as urnas

05/01/2018

As eleições deste ano prometem muitas novidades. Por enquanto, a movimentação entre os partidos e pretensos candidatos se...