(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Vereador comenta decisão sobre prédio da Câmara

Geral Comentários 26 de abril de 2018

Ex-Presidente Lisieux Borges esclarece vinculação no processo e diz que não teve decretada a indisponibilidade de bens


Na última semana, repercutiram notícias na imprensa local sobre as medidas cautelares do bloqueio de bens em desfavor de entes públicos e empresários, devido à denúncia dos erros na obra do novo prédio da Câmara Municipal. O Ministério Público de Goiás (MP-GO) apresentou a denúncia e o titular da Vara da Fazenda Municipal, Carlos Eduardo Rodrigues, acatou o pedido, mas excluiu o ex-presidente da Câmara, Lisieux José Borges, de sofrer a sanção.
Na medida cautelar, o juiz Carlos Eduardo, aponta que não há vinculação, neste caso, do ex-presidente da Câmara, Lisieux Borges. É o parecer: “Os elementos juntados, sinalizam que o réu Lisieux, mesmo ocupando cargo de Presidente da Câmara Municipal, não detinha necessariamente o poder direto de gestão administrativa do processo licitatório e de fiscalização da obra para, com suficiência, intervir em sua condução com a independência necessária para dirigir seu curso, nem mesmo interrompê-lo, caso assim desejasse fazê-lo.” (Informações da Assessoria Vereador Lisieux José Borges)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Secretaria de Cultura tem inscrição para ciclo de oficinas

10/01/2019

O aperfeiçoamento técnico e artístico na sétima arte é um dos focos do Anápolis Festival de Cinema (AFC). As inscriçõ...

Havan registra R$ 7 bilhões de faturamento em 2018

10/01/2019

O grupo Havan comemora os excelentes resultados obtidos em 2018. As 120 lojas (uma delas em Anápolis), juntas, somaram um fa...

Especialista dá dicas para comprar bem e economizar

10/01/2019

Para quem tem filhos, um dos maiores gastos do início do ano, sem dúvida, é o material escolar. A situação pode ficar ai...

Aprovada lei que exige identificação biométrica nos estádios em Goiás

10/01/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou sua primeira lei e a primeira do ano de 2019, no último dia 03, quinta-feira. Ap...