(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Verba de R$ 460 mil para a cultura

Cultura Comentários 09 de novembro de 2017

Este ano, os recursos do Fundo Municipal de Cultura serão integralmente utilizados pela sociedade civil


Na manhã da última quarta-feira, 08, a Secretaria Municipal de Cultura anunciou o lançamento do edital de seleção de projetos culturais, que terão recursos financiados pelo Fundo Municipal de Cultura, no motante previsto de R$ 462,5 mil. O referido edital foi publicado no Diário Oficial do Município e, ja no dia seguinte (quinta-feira, 09), abriu-se o prazo das inscrições, que se estenderá até o dia 08 de dezembro. Não é cobrada taxa de inscrição. A homologação dos projetos selecionados está prevista para o dia 17 de janeiro próximo.
O edital contempla nove áreas: Artes Visuais; Audiovisual; Cultura de Rua; Cultura; Popular e Artesanato; Dança; Literatura, Teatro e Circo, Artes Integradas e Música. O financiamento pode ser pleiteado tanto por pessoa física quanto jurídica, desde que se cumpram todos os requisitos previstos no regulamento.
Para Artes Visuais, o valor disponível é de R$ 20 mil em duas cotas para exposição individual ou coletiva. Para Audiovisual, são R$ 87,5 mil, sendo 03 cotas de R$ 20 mil para audiovisual; 01 cota de R$ 17,5 mil para ações formativas e 01 cota de R$ 10 mil para circulação/distribuição. Para Cultura de Rua, está prevista 01 cota de R$ 10 mil para criação ou gravação, ações formativas e circulação ou competição. Para Cultura Popular e Artesanato, também é prevista 01 cota de R$ 10 mil para criação de trabalhos artísticos; ações formativas e circulação de produtos e proposta cultural. Para Dança, o valor é de R$ 50 mil, sendo 02 cotas de R$ 15 mil para espetáculos e 02 cotas para formação. Para Literatura, 01 cota de R$ 10 mil para publicação de livro ou quadrinhos; ações formativas ou circulação de produtos e proposta cultural. Para Teatro e Circo, o valor é de R$ 45 mil, sendo 03 cotas de R$ 10 mil para montagem de espetáculo e 03 cotas de R$ 5 mil para formação. Para Artes Integradas, o valor é de R$ 50 mil em uma cota para festival. Para Música, o valor total disponível é de R$ 180 mil, distribuído em 02 cotas de R$ 40 mil para festival; 02 cotas de R$ 25 mil para circulação de médio porte; 01 cota de R$ 20 mil para circulação de pequeno porte e 02 cotas de R$ 15 mil para produção.
Durante o lançamento do edital, em evento ocorrido no mini-audfitório da Prefeitura, com representantes do Conselho Municipal de Cultura e vários artistas e propomotores culturais, o secretário municipal de Cultura, Erivelson Borges, ressaltou que o recurso será utilizado integralmente pela sociedade. Anteriormente, 30% dos recursos do Fundo Municipal de Cultura ficavam com o poder público. O vice-prefeito Márcio Cândido emendou dizendo que esta decisão de integralizar todo o recurso para a sociedade, representa um aporte de cerca de R$ 180 mil a mais para o financiamento de projetos o que é uma grande conquista para o setor. Para o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luís Sérgio Fragelli Castanheira, o edital ora lançado simboliza o diálogo entre a municipalidade e o setor cultural. “A arte é a alma da Cidade”, resumiu.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Cultura

Escola de artes oferece oficina de gravura em metais

16/11/2018

A Escola de Artes Oswaldo Verano, unidade cultural de formação mantida pela Prefeitura, vai ofertar uma oficina de aplicaç...

Monty Python chega a Anápolis pela Companhia Cotovelo, do DF

16/11/2018

A Companhia Cotovelo é uma companhia de Brasília formada por quatro integrantes que trabalham no espaço Casa dos Quatro, o...

Lei Goyazes prorroga prazo para inscrições de projetos

25/10/2018

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), por meio do Programa de Incentivo à Cultura – Lei Goyaze...

“Drama de um doente imaginário” em cartaz

27/09/2018

Um senhor hipocondríaco decide casar sua filha com um médico para abater os custos com a sua saúde. Este é o início da ...