(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Vanderlan quer resolver problêmica “crônico” da água

Política Comentários 25 de setembro de 2014

Candidato do PSB aponta também a proposta de criação do Mapa do Emprego


PERFIL
Vanderlan Vieira Cardoso
Nome para a urna: Vanderlan Cardoso
Partido: Partido Socialista Brasileiro (PSB)
Número: 40
Naturalidade: Iporá-GO
Ano/nascimento: 1962
Estado civil: Casado
Grau de instrução: Ensino médio completo
Ocupação: Empresário
Bens declarados: R$ 30.011.401,21
Fonte: TSE


Credibilidade. Essa foi a nossa principal preocupação ao elaborar nos últimos 18 meses – junto com a população e técnicos do Estado – um Plano de Metas para administrar o Estado de Goiás.
A população está cansada de compromissos assumidos de quatro em quatro anos, durante a campanha eleitoral, e não cumpridos pelos governos eleitos. O Plano de Metas da coligação Participação Popular foi por nós concebido para que possa contar com a colaboração dos goianos e, especialmente, dos anapolinos. No projeto, está previsto que o governo preste conta ano a ano sobre o andamento das propostas apresentadas na campanha.
Em nosso plano estão estipulados as ações, os prazos para que cada uma delas sejam implementadas e de onde vão sair os recursos para aplicar nos projetos. Além disso, definimos indicadores que também vão servir para que a população possa cobrar de nós na prestação de contas que faremos todos os anos. Para Anápolis, dentre uma série de outras propostas, apresentamos as seguintes:

- Resolver o problema crônico da falta de água na cidade;
- Expandir a atuação da Rotam e do Graer para Anápolis;
- Concluir o aeroporto de cargas e o centro de convenções, caso isso não tenha sido feito pelo o atual governo;
- Implantar o Aluno em Tempo Integral – Projeto no qual oferece atividade extracurriculares aos estudantes por meio de convênios com entidades, instituições religiosas e de ensino particular;
- Garantir autonomia administrativa e financeira da Universidade Estadual de Goiás (UEG);
- Fortalecer o hospital regional (HUNA);
- Fortalecer a rede de energia elétrica que garantirá um melhor serviço para as indústrias e demais empresas instaladas na cidade;
- Expandir o Distrito agroindustrial de Anápolis;
- Implantar o Mapa do Emprego – que irá implantar um banco de dados da demanda por mão-de-obra qualificada, além disso, vai implementar um sistema de gerenciamento da demanda e oferta de mão-de-obra, cursos e currículos dos candidatos, integrado com outras instituições, como Sine, Sistema S, associações e cooperativas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Ex-constituintes federais recebem homenagem da Assembleia

21/06/2018

A Assembleia Legislativa de Goiás realizou na tarde dessa quarta-feira, 20, a cerimônia de lançamento do documentário sob...

Mulheres dominam eleitorado nacional

21/06/2018

Não é de hoje que o eleitorado feminino mostra a sua força. Em Anápolis, conforme dados atualizados pelo Tribunal Superio...

Câmara se posiciona contra alterações propostas na lei

07/06/2018

Aprovada na sessão de terça-feira, 05 de junho, na Câmara Municipal, Moção de Apelo do presidente Amilton Filho (SD) em ...

Presidente quer correção de erros e retomada de obra da Câmara

07/06/2018

O presidente da Câmara Municipal de Anápolis, vereador Amilton Filho (SD), repercutiu na tribuna, durante a sessão ordiná...