(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

UPA e dos Cais serão entregues em breve à população

Saúde Comentários 20 de abril de 2012

As três unidades, localizadas em diferentes regiões da cidade, vão desafogar o atendimento do Hospital Municipal e permitir acesso da população a uma grande gama de serviços médicos


A população de Anápolis terá, em breve, importantes reforços para o atendimento na área da saúde. Estão em fase adiantada, as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), próximo à Vila Esperança; do Cais da Mulher, no Bairro Maracanã e do Cais 24 horas “Abadia Lopes da Fonseca”, no Jardim Calixto. Na última quarta-feira,18, o Prefeito Antônio Gomide liderou uma comitiva composta por membros de sua equipe de governo, vereadores e profissionais da imprensa para acompanhar o andamento dessa obras.
O primeiro local vistoriado foi o Cais 24 horas Abadia Lopes da Fonseca. Com investimentos do tesouro municipal, a unidade de saúde conhecida como Mini Cais, passa por reforma e ampliação, se tornando referência para região. A obra será entregue em junho e, onde antes funcionava apenas em sistema ambulatorial, a partir do segundo semestre, vai oferecer atendimento em tempo integral.
A secretária Irani Ribeiro fez questão de ressaltar que Anápolis passará a contar com quatro unidades 24 horas. Segundo ela, o Cais terá o atendimento ambulatorial e de pediatria ofertado integralmente. “Vamos ter também o atendimento odontológico, além de leitos para observação de pacientes. Dessa forma conseguiremos desafogar outras unidades de emergência”, ressaltou.
A vistoria também foi feita na construção da UPA III, 24 Horas. A obra, com previsão de entrega para até o final do mês de junho, é executada com recursos federais e municipais. Quando entrar em funcionamento, a unidade realizará atendimento de urgência e emergência dia e noite. A estimativa é que dez mil pacientes sejam atendidos por mês. O trabalho realizado no hospital é diretamente relacionado ao desempenhado Samu, com permanência do paciente nas primeiras 24 horas de atendimento e, em seguida, encaminhado para outra unidade.
Irani Ribeiro informa que a UPA vai dar nova dinâmica ao atendimento não só para os pacientes de Anápolis, mas para toda região. A unidade também tem o objetivo de descentralizar os atendimentos de saúde em Anápolis, oferecendo maior qualidade de serviço. A última obra a ser vistoriada foi o Cais da Mulher, no Bairro Maracanã, construído com recursos do município. O prédio com 1.200 metros quadrados, contará com 11 consultórios médicos, centro cirúrgico para procedimentos ambulatoriais, banco de leite humano e equipamentos para realização dos exames de mamografia, ultrassonografia e histeroscopia. A unidade oferecerá atendimento nas seguintes áreas: ginecologia, obstetrícia, mastologia, oncologia, pediatria e neonatologia.
De acordo com o prefeito Antônio Gomide, a unidade vai permitir que o município ofereça em apenas um local, todos os programas destinados à saúde da mulher e com melhor qualidade. “Vamos conseguir dar o acompanhamento do pré-natal, reduzindo assim a mortalidade infantil, além de realizar diagnósticos importantes para a vida da mulher”, apontou.

Avaliação
Para o presidente da Câmara Municipal, vereador Amilton Batista, a vistoria permitiu aos vereadores avaliar pessoalmente como estão sendo investidos os recursos do município. Segundo ele, todas as obras estruturantes para o município têm grande relevância, pois estão diretamente ligadas à melhoria na qualidade de vida do anapolino. “São obras que se tornaram referência para toda comunidade e que ficarão para as próximas gerações. Não tenho dúvida que farão a diferença para a cidade”, disse o vereador.
O prefeito avaliou que as vistorias realizadas, além de dar transparência ao andamento das obras, permitem mostrar a dimensão dos investimentos que a administração municipal tem dispensado ao setor. “Não tenho dúvidas que vamos dar um novo momento para saúde após a entrega dessas obras. É importante mostrar como essas unidades são importantes”, comentou.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...

Dengue recua, mas população não deve baixar a guarda

26/05/2017

Em que pese as estatísticas demonstrem um recuo bastante significativo de casos de dengue em Goiás e, particularmente, em A...

Infectologia tem jornada sábado

18/05/2017

A Sociedade Goiana de infectologia realiza neste sábado, 20, a I Jornana de Infectologia de Anápolis. As palestras têm por...

Como superar o fim de um relacionamento?

27/04/2017

Ter o ‘coração partido‘ é uma das experiências mais traumáticas da vida. No entanto, de acordo com um estudo da Univ...