(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

União por Anápolis longe dos palanques

Política Comentários 30 de julho de 2010

Alcides Rodrigues, e Antônio Gomide, entregam benefícios e afirmam, com discurso em plena sintonia, que a população sai ganhando com a parceria entre os governos


O governador Alcides Rodrigues esteve em Anápolis, na última terça-feira, 27, participando da solenidade de entrega da Farmácia de Medicamentos de Alto Custo e da assinatura de convênio para a municipalização da Central Odontológica, localizada na Vila Jaiara. Em seu discurso, ele pontuou que esses benefícios são frutos da parceria entre o seu governo e a Prefeitura de Anápolis e que a população da cidade é a maior beneficiada.
Mesmo estando em lados opostos nos palanques da sucessão em Goiás, Alcides Rodrigues (PP) e Antônio Gomide (PT) demonstraram plena sintonia em suas falas. Inclusive, trocaram elogios. “De minha parte, sempre fui, estou e serei parceiro de Anápolis”, ressaltou Alcides Rodrigues, afirmando que o chefe do Executivo local tem feito um bom trabalho e que isso está sendo reconhecido.
“Fizemos convênios para asfaltar bairros, para duplicar a Avenida Pedro Ludovico; fizemos convênios para obras, em parceria com o Governo Federal para o setor de saneamento. Enfim, acredito que a população esteja satisfeita e, garanto, teremos muitas outras conquistas”, afiançou Alcides Rodrigues que anunciou, de público, durante o evento, a aquisição de uma área de 42 alqueires para a expansão do Distrito Agroindustrial. Segundo informou, 29 alqueires serão destinados às empresas de maior porte que tiverem interesse em vir para Goiás e, especificamente, para o Daia, e os outros 13 alqueires serão para micros e pequenos empreendimentos. “Esse também é um trabalho de parceria com a Prefeitura”, salientou o Governador.
Parceria
O prefeito Antônio Gomide sugeriu a Alcides Rodrigues que, ao retornar à Capital com a comitiva, passasse pela obra da Avenida Pedro Ludovico que, segundo ele, retrata muito bem o resultado da parceria administrativa entre o Estado e o Município. Gomide destacou, ainda, que a instalação da Farmácia de Medicamentos de Alto Custo é um anseio de milhares de pessoas que tinham de se deslocar até a unidade “Juarez Barbosa”, em Goiânia, para conseguirem os remédios. “Essa solenidade é muito significativa, porque sabemos o sofrimento das pessoas, muitas delas sem condição sequer de pegar um ônibus para se deslocarem, até, dentro da cidade. E o Governo teve a sensibilidade de atender essa reivindicação”, assinalou Gomide, acrescentando que Anápolis saiu na frente na descentralização da farmácia e essa iniciativa beneficiará a vários outros municípios da regional Pirineus.
O prefeito destacou, também, a municipalização da Central Odontológica. “Teremos condições de dividir a Cidade em duas regiões para prestar atendimento especializado na área de odontologia. Temos o Centro de Especialidades Odontológicas e, agora, esta unidade que já funcionava bem com o Estado, vamos trazer para a nossa gestão e ampliar. Anápolis, hoje, já é reconhecida nacionalmente pelo trabalho que desenvolve nessa área”, sublinhou, informando que nos próximos dias, o coordenador nacional de saúde bucal do Ministério da Saúde, vai estar na Cidade para conhecer, de perto, as iniciativas locais.

Déficit
Ao final da solenidade, o Governador Alcides Rodrigues falou que a questão do déficit público, que foi alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa, que concluiu não haver um déficit mensal nas contas herdadas pelo Governo, na ordem de R$ 100 milhões. “Esse déficit existe, é público, verdadeiro e incomoda a muita gente. A Secretaria da Fazenda vai trabalhar no sentido de corrigir as informações”, disparou.
O prefeito Antônio Gomide reiterou, como já havia dito em entrevista ao CONTEXTO, que vai participar da campanha política de 2010, pedindo votos para a candidata à Presidente Dilma Rousseff e para Iris Rezende como candidato a Governador pela aliança PMDB-PT. “Mas o nosso foco principal é a administração”, ponderou.


Como funcionará
Dando continuidade à descentralização de serviços, o Governo de Goiás, através da Secretaria da Saúde do Estado de Goiás (SES), promoveu a transferência da gestão da Central Odontológica de Anápolis instalada na Vila Jaiara. De acordo com o termo de cessão de uso, firmado entre o Estado e o Município, a partir da próxima semana a fiscalização e a administração estarão a cargo da Prefeitura.
Instalada na Vila Jaiara desde agosto de 2001, a Central Odontológica de Anápolis atende a emergências, assim como a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), encaminhados pelos postos de saúde e conforme agendamento. Com serviços de endodontia, periodontia, cirurgia buco-maxilar, próteses dentárias, dentística restauradora e o diagnóstico de câncer bucal a Central busca trabalhar para o público alvo com um tratamento diferenciado em cada caso.
Além disso, a Unidade, também, atua com trabalho voltado para pacientes especiais, como: hemofílicos, cardíacos, diabéticos, portadores de câncer, AIDS e doentes renais. Outra ação desenvolvida é a promoção de palestras educativas, destacando aspectos de prevenção. Segundo a Diretora Geral da Central Odontológica Luciana Carvalho, a unidade que hoje atende a cerca de quatro mil procedimentos ao mês, deverá manter a garantia de serviços de qualidade ao usuário.

Medicamentos
No evento de terça-feira, 27, com a presença do Governador e da secretária Irani Ribeiro de Moura, o Estado implantou o Serviço de Dispensação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica. “Com a descentralização, estamos levando a gestão dos serviços mais próximos da residência da população alvo. Isto significa mais qualidade e humanização da assistência”, pontuou a secretária.
De acordo com a Superintendente de Atenção à Saúde (SAS), Maria das Graças Ribeiro, o Serviço de Dispensação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, deverá contar com 10 agentes administrativos, dois assistentes sociais, dois farmacêuticos e mais dois médicos. “A ideia é descentralizar o serviço, evitando que a comunidade daquela região tenha que se deslocar até Goiânia para dar entrada em processos e obter a dispensação do medicamento, chamado também, de alto custo”, ressalta. Para o serviço, foram organizadas salas no prédio da Administração da Regional de Saúde Pirineus, no antigo prédio do SENAC, na Avenida Getulino Artiaga.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...