(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Uma viagem de realidade e ficção a Praga

Geral Comentários 18 de agosto de 2017

Em seu segundo livro, a escritora Oilba Andrade desvenda a beleza e os mistérios da capital da República Tcheca, sob o olhar de uma menina serelepe e destemida


Tudo começou numa viagem de família à Praga, capital da República Tcheca, em 2013. A cidade antiga, cheia de belezas e de mistérios, serviu de inspiração para o segundo livro da escritora Oilba Andrade. A arquitetura de suas construções, os monumentos da chamada “Cidade das Cem Cúpulas” foi o pano de fundo da narrativa. Mas, verdadeiramente, foi um sentimento do seu coração que a levou a colocar no papel tudo aquilo que viu e viveu intensamente em Praga: “Deus não deixa nenhuma geração sem testemunha do Seu Nome”.
Esta constatação inquietante ficou gravada na sua memória. Chegando a Praga, uma guia apresentou e contou a história da cidade e seu povo. Nas suas colocações, a moça relatou que Praga é uma cidade sem Deus, sem religião, por conta as muitas invasões ali ocorridas. Assim, cada governante proibia a religião local, chegando ao século 21 com um povo cético.
No final da Segunda Guerra Mundial, a, então, capital da Tchecoslováquia foi um dos alvos da ocupação da Alemanha Nazista. Também, sofreu ataques que deixaram muita destruição e cicatrizes.
Em meio a todos os confrontos e conflitos, surge uma personagem, a serelepe e destemida Darina, plenamente dotada com senso de justiça e de humanismo. É esta a personagem de Oilba Andrade, que dá vida ao livro: “As aventuras de Darina em Praga”, que será lançado na próxima quinta-feira, 24, às 19h30 na sede da União Literária Anapolina (ULA).
Misturando ficção e realidade, o livro tem uma narrativa leve e poética, mesmo tratando de temas complexos como a guerra, o sofrimento e a religião. Esta leveza, talvez, esteja na força da protagonista, uma menina que faz a sua própria batalha para ajudar as pessoas.
“O que mais me impressiona nela (Oilba) é querer expor os seus sentimentos e fazer disso uma terapia. Se falar, as palavras passam, mas a escrita fica”, testemunha o médico Dilaor Vinhal, sobre a autora.
“É uma história fascinante, cativante e muito agradável. É como uma viagem a um tempo longínquo, cheio de suspense e aventura e que mostra o sofrimento de um povo marcado pela guerra”, destaca o Pastor Elias Garcia, sobre a publicação.
Nascida em Interlândia, Distrito de Anápolis, no ano de 1952, Oilba Andrade é casada, há 45 anos, com Osmar Gomes de Andrade. O casal tem dois filhos: André e Lana que, também, se casaram e lhes deram, cada um, dois netos. Seu primeiro livro, lançado em 2014, teve o título: “Momentos de uma vida”. Foi definido como uma interessante viagem, que passa pelas estações da vida dela, de sua família e de alguns outros passageiros.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

PROCON vê medidas para impedir os abusos nos preços

16/11/2017

A superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, afirmou na última terça-feira, 14, que, em conjunto com a Delegacia do...

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

16/11/2017

A Previdência Social é o ombro amigo da população brasileira, e tem como um dos princípios a solidariedade que busca amp...

Conferência debate os rumos da saúde

16/11/2017

A 10ª Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 04, 05 e 06 de dezembro próximo. Na oportunidade, serão de...

Joanápolis sedia a Festa do Milho

16/11/2017

Agregar valor à produção local e movimentar a economia. É com este objetivo que a Prefeitura, via Secretaria Municipal de...