(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Uma cidade formada por muitas lutas e conquistas

Cidade Comentários 28 de julho de 2017

Anápolis sempre teve, desde o início, vocação para o comércio e, ao longo dos anos, consolidou esta trajetória


Desde 1870, quando Gomes de Sousa Ramos iniciou a colonização do lugarejo onde foi construída uma capela em homenagem a Sant’Ana, a região ficou famosa pela sua localização, passagem obrigatória para aqueles que se dirigiam em direção às lavras de ouro de Bonfim (Silvânia), Meia Ponte (Pirenópolis) e Vila Boa (Cidade de Goiás).
De lá para cá, a economia viveu diferentes ciclos econômicos, sobretudo, a partir da inauguração da Estrada de Ferro Goyaz, no ano de 1935, quando já tinha um comércio atuante. Anos mais tarde, veio o comércio atacadista, a indústria cerâmica que deu suporte à criação de duas capitais - Goiânia e Brasília, as grandes cerealistas e, na década de 70, iniciou o ciclo da industrialização, com a implantação do Distrito Agro Industrial. Depois, vieram o Porto Seco, as universidades, o pólo farmacêutico.
Ao completar 110 anos, Anápolis segue como uma referência em dinamismo e mantém o seu progresso marcado pela dedicação de seu povo: os aqui nascidos e os migrantes de várias partes do Brasil, e de outros países, que contribuem para que o Município seja a vitrine e a porta de entrada do sucesso. E assim a história continua, com muitas conquistas escritas em suas páginas.
1870 - Gomes de Souza Ramos inicia colonização, a partir da construção de uma capela para homenagear Sant’Ana.
1893 - Ano da realização da primeira eleição para Intendente (prefeito), sendo eleito para o cargo Lopo de Souza Ramos.
1907 - Lei nº 320, de 31 de julho, eleva a Vila de Santana das Antas à categoria de cidade, alterando o nome para Anápolis.
1914 - Criada a Comarca de Anápolis. O primeiro juiz foi Gastão de Deus Vitor Rodrigues.
1920 - Marco do movimento imigratório, que começou com a chegada dos primeiros imigrantes sírio-libaneses e, alguns anos depois, os japoneses.
1924 - Era inaugurado o sistema de fornecimento de energia elétrica para os moradores.
1926 - Inauguração do serviço de telégrafo.
1929 - Entra em circulação o primeiro jornal: “Correio de Anápolis”.
1931 - 12 de fevereiro - início das operações do Correio Postal Aéreo.
1934 - Surge a primeira instituição financeira a operar no município: o Banco Hipotecário e Agrícola de Goiás.
1935 - Chegada da Estrada de Ferro Goyaz, inaugurada no dia 7 de setembro. O empreendimento foi recebido numa grande festa, com direito a baile de gala no Clube Recreativo.
1936 - Fundação da Associação Comercial, que pouco tempo depois abrigou em sua sigla o segmento industrial (ACIA).
1937 - Início das operações do serviço de telefonia. O município se conecta ao mundo com a então novidade tecnológica.
1944 - O Brasil entra na Segunda Guerra Mundial para lutar ao lado dos aliados. Anapolinos que integravam a Força Expedicionária Brasileira (FEB) embarcaram para os campos de combate na Itália.
1946 - Acreditando no potencial do município, Sócrates Mardocheu Diniz funda o Banco Comercial do Estado de Goiás. Empreendimento genuinamente anapolino.
1952 - O município é contemplado com o primeiro centro de ensino profissionalizante de Goiás. Era instalada a Escola SENAI. Um marco importante dentro do processo de industrialização.
1953 - As Forças Armadas implantam, em Anápolis, uma unidade do Exército: o Tiro de Guerra 53, hoje TG 001.
1955 - É fundado o transporte coletivo, operado pela empresa Irmãos Pinto. Ainda na área de transporte, a Viação Braga foi pioneira nas linhas intermunicipais. A TCA foi fundada em 1963, pelo pioneiro João Rodrigues de Queiroz.
1961 - Era conhecido o primeiro Bispo da Diocese de Anápolis, Dom Epaminondas José de Araújo.
1965 - Construído o Estádio Municipal “Jonas Duarte”, que abriga duas paixões da população: o Anápolis Futebol Clube e a Associação Atlética Anapolina. No passado, também, o Ipiranga fez história no futebol.
1972 - Construção do complexo militar da Base Aérea de Anápolis. Hoje uma das principais unidades da Força Aérea Brasileira, é também a base operacional do Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM).
1976 - Inauguração do Distrito Agro Industrial de Anápolis. O DAIA conta, atualmente, com mais de 100 empresas instaladas e abriga um dos maiores pólos de produção de medicamentos do País.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Sucesso da exposição agropecuária em seu novo parque, na BR-153

14/09/2017

A 61ª Exposição Agropecuária de Anápolis (Expoana) está sendo realizada em novo espaço, neste ano, o Sindicato Rural d...

Primeira Igreja Batista comemora Jubileu de Ouro no Município

14/09/2017

A Igreja Batista Central de Anápolis celebrou, com êxito, o seu Jubileu de Ouro, marcando cinco décadas no trabalho de eva...

Audiência pública busca soluções para a Estação Rodoviária Rodoviário

14/09/2017

Sem apresentar nenhuma solução que possa pelo menos reduzir as várias deficiências enfrentadas nos últimos anos, por ini...

Aulas do Cursinho Municipal vão começar no próximo sábado

14/09/2017

O prefeito Roberto Naves lançou, nesta quarta-feira, 13, o curso preparatório gratuito para vestibulares e para o Exame Nac...