(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 534

Geral Comentários 28 de agosto de 2015

Notas Gerais


Sobre “Lulinha”


O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, disse nesta quinta-feira, 27, em depoimento à CPI do BNDES na Câmara dos Deputados, que não conhece Fábio Luiz Lula da Silva, o "Lulinha", em resposta à questão do deputado Caio Narciso (PSDB-MG), sobre se manteria relações com o filho do ex-presidente Lula. O presidente do BNDES negou também ter relações com o dono da UTC, Ricardo Pessoa, e com o ex-ministro Chefe da Casa Civil da Presidência, José Dirceu. Diante das negativas, o deputado mineiro perguntou se Coutinho abriria mão do seu sigilo telefônico. 


Lucros da Caixa


A Caixa Econômica Federal teve lucro líquido de 1,9 bilhão de reais no segundo trimestre, desempenho praticamente estável sobre o resultado obtido no mesmo período do ano passado e que veio junto com aumento do índice de inadimplência na mesma comparação. A instituição teve um crescimento na carteira de crédito de 17,4 por cento em 12 meses, para 648,1 bilhões de reais, mas o índice de inadimplência para as contas vendidas há mais de 90 dias teve uma elevação de 2,77 por cento no segundo trimestre de 2014 para 2,85 por cento nos três meses encerrados em junho deste ano.


Crimes da Ditadura


O Ministério Público Federal ofereceu mais uma denúncia contra o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra por crimes cometidos durante a ditadura militar. Ustra é um dos envolvidos na morte do militante comunista Carlos Nicolau Danielli, sequestrado e torturado nas dependências do Destacamento de Operações e Informações do II Exército em dezembro de 1972. É a sexta ação penal protocolada pelo MPF contra Ustra. Também foram denunciados o delegado Paulo Dirceu Gravina e o servidor aposentado Aparecido Calandra, ambos subordinados a Ustra na época do assassinato.


Ouvir Dirceu


O relator da CPI da Petrobras, Luiz Sérgio (PT-RJ), disse na quinta-feira, 27, que houve entendimento de que se a comissão vai a Curitiba ouvir os presos da Operação Lava Jato, não havia razão para não colher o depoimento do ex-ministro José Dirceu. "Tem de ter critério e o critério é ouvir a todos", declarou Sérgio. Durante a votação dos novos requerimentos de convocação, só o relator representava os petistas em plenário. Sérgio afirmou que a bancada já sabia que o requerimento seria votado. "Do ponto de vista político, seria importante que ele (Dirceu) falasse sua versão", opinou o relator.


Acordo por Janot?


Um dia após a aprovação de um novo mandato de dois anos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), negou a existência de um "acordão" entre o PMDB e o Governo Dilma Rousseff para garantir a recondução do chefe do Ministério Público Federal. O acerto, antecipado por setores da imprensa, permitiu que Janot passasse na quarta-feira, 26, em votação secreta no plenário, com o apoio de 59 senadores, 12 votos contrários e uma abstenção. "Erra quem pensa que você pode, nas questões institucionais, fazer acordos políticos”, disse.


Sustentabilidade


A Procuradoria-Geral Eleitoral encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral um parecer favorável ao registro da Rede Sustentabilidade como partido político. A agremiação política foi idealizada pela ex-senadora Marina Silva, que disputou as eleições presidenciais de 2014 pelo PSB após a morte de Eduardo Campos, há um ano. No documento publicado esta semana, o vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, entende que o grupo liderado por Marina Silva conquistou a quantidade mínima necessária de assinaturas e que, por isso, deve ter o pedido de registro aceito pela Corte.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...