(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 456

Geral Comentários 14 de fevereiro de 2014

Notas Gerais


Viagens de Dilma
Mais focada em assuntos domésticos, a presidente Dilma Rousseff viajou muito menos ao exterior que seu antecessor, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (2003 a 2010). Levantamento da BBC Brasil a partir de informações oficiais revela que, em seus três primeiros anos de governo, Dilma passou 113 dias fora, em visita a 31 países – em alguns deles por mais de uma vez, como Argentina, EUA e Peru, esses dois últimos inflados por viagens para encontros multilaterais. Em comparação com o segundo mandato de Lula, Dilma reduziu em mais da metade o número de dias no exterior.

O novo PT
O PT começa a mostrar como será o discurso da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, e de candidatos do Partido nos estados mais importantes. Para continuar no comando do Executivo Nacional, o PT investe em um discurso de novas mudanças, mesmo já estando no poder há 11 anos. Ao cunhar os termos "neopassadismo" e "novovelhismo", usados para atacar os presidenciáveis Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB), o presidente nacional do PT, Rui Falcão, tenta colar nos adversários uma visão de que seriam de retrocessos e não de evolução na situação do Brasil.

Voto em aberto
O deputado André Vargas (PT-PR), primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que daqui para frente haverá pouca chance de que deputados que passem por um processo de cassação no plenário seja absolvidos. Vargas falou a respeito da estreia do voto aberto (julgamento de Natan Donadoni, de Rondônia) para os casos de perda de mandato na Câmara. Segundo ele, as questões regimentais nos casos de cassação serão mais bem avaliadas. “Chegando a cassação, há pouquíssima chance de absolvição. Até porque, o julgamento muitas vezes toma proporções passionais”, disse o petista.

Mais Médicos
Resolução do Ministério da Saúde dispõe sobre a aplicação de penalidades no caso de ausência injustificada das atividades do programa Mais Médicos. O texto prevê a aplicação de advertência, em casos de ausência por períodos de quatro horas a dois dias úteis, e o desligamento do profissional de saúde que se ausentar por mais de dois dias ou que tenha recebido três advertências. A notificação será feita por e-mail e a penalidade será publicada no Diário Oficial. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou nesta semana que o governo desconhecia o paradeiro de 89 profissionais do programa.

Energia sobe
Os cálculos da Agência Nacional de Energia Elétrica sobre as receitas e despesas da Conta de Desenvolvimento Energético apresentaram um déficit de R$ 5,6 bilhões para 2014, que deverá ser repassado para as tarifas de energia, com impacto para os consumidores de aproximadamente 4,6%, a partir dos próximos reajustes tarifários. As despesas do fundo setorial devem ficar em R$ 17,994 bilhões este ano. A CDE cobre gastos como com o Programa Luz para Todos, subsídios para o uso de termelétricas no Norte do País e o custo da redução em 20% da tarifa criado em 2013 pelo Governo.

Sem terras
Apesar da série de reivindicações apresentadas à presidente Dilma Rousseff na manhã de quinta-feira, 13, representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra saíram apenas com a promessa e boas intenções do Governo. Dilma prometeu, apenas, a criação de um grupo de trabalho para discutir os temas mais controversos. “É óbvio que eles apresentaram um monte de reivindicações e, de forma correta e não demagógica, não vamos dar resposta fácil para contentar só naquele momento”, disse o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas. “Queremos ter seriedade nessa política.”

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Ampliado o alcance do Portal do Cidadão

20/10/2017

O Portal do Cidadão, lançado em julho pela Prefeitura, já apresenta resultados efetivos e se confirma como facilitador na ...

Audiência vai discutir o Estatuto do Desarmamento

20/10/2017

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF) prorrogou o prazo das inscrições para os interessados em assistir à audiên...

Donos de postos e funcionário do Inmetro são presos pela PF

20/10/2017

Até a manhã desta quinta-feira,19, dois empresários de Anápolis se encontravam presos na carceragem da Polícia Federal, ...

Vereador quer melhorar transporte interestadual

20/10/2017

vereador Lisieux José Borges (PT), se reuniu com o presidente da Agência Goiana de Regulação (AGR), Ridoval Chiareloto, p...