(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 426

Geral Comentários 12 de julho de 2013

Notas Gerais


Fora Mantega?
Para o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), que preside a Força Sindical, o mínimo que a presidente Dilma Rousseff deveria fazer, nesse momento, é demitir o ministro da Fazenda, Guido Mantega. "Não dá para ir para as ruas e não falar em inflação, negar a perda do poder de compra dos trabalhadores." Durante protesto na zona sul de São Paulo, Paulinho da Força disse que convocará uma greve geral em todo o país. "Não é possível viver com a inflação e o desemprego que já atinge os trabalhadores nas fábricas. Não é possível viver com uma política tão recessiva", disse.

Jogo duro
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), descartou adiar para agosto a conclusão da votação do projeto que destina royalties do petróleo para educação (75%) e saúde (25%). Segundo ele, a Casa vai finalizar a votação terça-feira (16). “Tem que votar. Qualquer matéria só será votada depois da conclusão dos royalties para educação e para a saúde. Acho que essa Casa tem que ter a responsabilidade que tem tido, em tantas matérias importantes, em votar, sobretudo esta que trata de um clamor popular em ter mais recursos para educação e para a saúde".

Vai reagir
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou que a presidente Dilma Rousseff vai se recuperar da perda de popularidade e intenção de voto nas pesquisas e tem chances reais de vencer no primeiro turno a eleição de 2014, quando vai disputar a reeleição. "Ela vai se recuperar. Vamos vencer a eleição", afirmou, acrescentando que "temos chances de vencer no primeiro turno". Cotado para assumir a Casa Civil numa reforma ministerial e já escalado como um dos coordenadores da campanha de Dilma à reeleição, ele lembrou que o PT só venceu as eleições anteriores no segundo turno.

Salvar aposentadoria
Juízes e integrantes do Ministério Público deflagraram operação no Senado para tentar derrubar as propostas que determinam a perda da aposentadoria compulsória para aqueles que cometerem atos de corrupção. Os magistrados defendem que a perda ocorra somente após decisão judicial, e não de forma automática, como previsto pelo texto que tramita no Senado - sujeita apenas a decisão do Conselho Nacional de Justiça ou do respectivo tribunal. Relator das propostas, o senador Blairo Maggi (PR-MT) flexibilizou o texto para decretar a perda da compulsória somente depois de decisão final da Justiça.

Mercado recua
Em linha com a queda de produção registrada em maio e a piora do mercado de trabalho, o emprego no setor, também, recuou, segundo dados do IBGE. Em maio, o total de pessoas ocupadas na indústria mostrou retração de 0,5% na comparação com abril, na série livre de influências sazonais (típicas de cada período). O resultado reflete uma piora, já que veio após o emprego industrial ficar estável nos últimos meses. A queda de maio foi a mais intensa desde dezembro de 2009 (-0,6%), quando o país e especialmente a indústria ainda sentiam os reflexos da grande crise global de 2008.

Em queda
O aumento da taxa básica de juros anunciado pelo Banco Central mostra que o governo brasileiro continuará com o maior aperto monetário do mundo. O Brasil é uma das três economias entre as 50 maiores do mundo a estar em processo de elevação de juros. A expectativa é de que o BC continue a subir a Selic até o final do ano. Setores como o varejo, que impulsionou o crescimento do Produto Interno Bruto nos últimos semestres, e a indústria devem encolher nos próximos meses. A Bolsa de Valores de São Paulo tem a 2ª maior desvalorização em dólar em 2013 (33%) num grupo de 94 índices acionários.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Lei mira a perturbação do sossego público

14/09/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) encaminhou à Câmara Municipal um projeto promovendo modificações na Lei Complementar 279/2...

Aumenta demanda por atendimento

08/09/2017

Revelados nesta segunda feira (4), pela dirigente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Eriz...

Prazo para adesão próximo de acabar

31/08/2017

Contribuintes que estão inadimplentes com a Prefeitura de Anápolis têm até o dia 14 de setembro para quitar suas dívidas...

Ação contra Carla Santillo prescreveu

31/08/2017

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) entendeu estar prescrita a ação em desfavor de Carl...