(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 406

Geral Comentários 21 de fevereiro de 2013

Notas Gerais


Carne de cavalo
Os produtores rurais de São Gabriel-RS receberam, com repúdio, o frigorífico Foresta, há 15 anos. O motivo: em vez de bois, o grupo com origem uruguaia abate cavalos. "Esse hábito violentava os nossos costumes e tradições. Um gaúcho jamais mataria um cavalo de montaria” afirma Renato Fagundes, que tem fazenda em São Gabriel e já vendeu animais para o frigorífico. Com o tempo, os produtores perceberam que poderiam fazer negócio com animais de descarte - velhos ou que, por algum motivo, não servem para trabalhar no campo. Hoje, o Foresta é o único no país com exportações regulares relevantes. Em janeiro, 80% dos embarques do setor partiram de São Gabriel.

Malha fina
A Receita Federal vai criar uma malha fina para identificar a omissão de informações e fraudes tributárias das grandes empresas. Elai cruzará as informações da Declaração de Débitos da Pessoa Jurídica com outras bases de dados do governo que poderiam revelar a posse de bens não declarados à Receita. O sistema estava em fase de funcionamento experimental em São Paulo e, até o fim de fevereiro, passará a ter abrangência nacional. "Estamos aperfeiçoando nossos investimentos em nossos sistemas, que agora buscam bens por meio de consultas aos registros de veículos, embarcações e imóveis, entre outros bens", disse o subsecretário de arrecadação da Receita, Carlos Roberto Occaso.

Títulos cancelados
Eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições podem ter os seus títulos cancelados. Há 1.512.884 deles em situação irregular no País, informa o Tribunal Superior Eleitoral. Para não perder o título, os eleitores devem ir a um cartório eleitoral entre 25 de fevereiro e 25 de abril para regularizar a situação. A Justiça Eleitoral disse que a situação do título não será comunicada ao eleitor por e-mail ou correspondência. Ele precisa verificar na lista de possíveis títulos cancelados. A relação de quem pode ter o título cancelado está disponível no campo "Serviços do eleitor" do site do TSE. A consulta também pode ser feita nos cartórios eleitorais de cada cidade.

Motoboys
O Conselho Nacional de Trânsito rejeitou a proposta de adiar o início da fiscalização e da aplicação de multas a motoboys que não estiverem de acordo com a nova lei que regulamenta o setor. A proposta feita pela Associação Nacional dos Detrans, no último dia 5, era fazer blitze educativa pelo prazo de até um ano (adaptável à realidade de cada Estado) antes de iniciar a aplicação de multas. O CONTRAN já tinha o posicionamento de que a regulamentação estava em vigor desde o início do mês, quando estava previsto o início das multas. A fiscalização, porém, fica a critério de cada Estado. Em São Paulo, a Polícia Militar estava apenas orientando motoboys enquanto aguardava a decisão.

Sucessão do Papa
O Papa Bento 16 dirá, nos próximos dias, a última palavra sobre o conclave que elegerá seu sucessor, anunciou o Vaticano, deixando claro que não se trata de baixar normas teológicas ou pastorais, mas de um "'motu proprio' para dar precisão a alguns pontos particulares da Constituição Apostólica sobre o conclave", disse o padre Lombardi, portavoz do Vaticano. "Motu proprio" quer dizer, literalmente, "de iniciativa própria". O documento deverá, também, buscar harmonizar a Constituição Apostólica com "outro documento da Igreja que diz respeito ao conclave, o Ordo Rituum Conclavis" (que estabelece os passos a serem dados imediatamente após a eleição do novo pontífice).

Cheques sem fundo
O percentual de cheques devolvidos desacelerou em janeiro em relação ao volume registrado no final de 2012. No primeiro mês do ano, 2,02% do total das folhas emitidas tiveram problemas. Ao todo foram 1,497 milhão de cheques devolvidos diante de mais de 74 milhões usados pelos consumidores em janeiro. Em dezembro, o percentual ficou em 2,04% num total de 73 milhões de folhas emitidas. Para os economistas da Serasa Experian, a melhora em relação ao final do ano pode ser atribuída à continuidade dos processos de queda de juros e renegociação de dívidas iniciado no ano passado. A Região Norte teve a maior inadimplência de cheques em janeiro: 4,22% de devoluções.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura vai contratar OS para promover os eventos natalinos

12/10/2017

A Prefeitura está lançando edital de chamamento público para seleção e posterior estabelecimento de Termo de Colaboraç...

Anápolis tem 1ª Olimpíada Digital de Matemática

12/10/2017

A Prefeitura de Anápolis, através da Secretaria Municipal de Educação, promove a 1ª Olimpíada Digital de Matemática. O...

Pesquisa retrata infância em Goiás

12/10/2017

O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan)...

Fisco flagra transporte com notas irregulares

12/10/2017

A equipe do Comando Volante da Delegacia Regional de Fiscalização de Anápolis flagrou na última terça-feira,10, dois cam...