(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 397

Geral Comentários 21 de dezembro de 2012

Notas Gerais


Construção
As vendas brasileiras de material de construção caíram 5% em novembro ante outubro, mas cresceram 2,4% no mês passado na comparação anual, informou a associação que representa o setor no País, Abramat. Entre janeiro e novembro, o indicador apresentou alta de 1,9%. A previsão para o fechado do ano foi mantida em avanço de 2%. A entidade tinha, inicialmente, uma previsão de aumento de 4,5% em 2012, mas fez algumas revisões para baixo ao longo do período. Depois de enfrentar um ano difícil em 2012, a indústria de materiais acredita em um melhor cenário, impulsionado por fatores como o maior número de desonerações e mais investimentos em obras de infraestrutura.

Placa eletrônica
O Governo vai adiar, mais uma vez, o prazo para a instalação de chips de identificação nos veículos - a "chapa eletrônica" -, que iria começar em 1º de janeiro. Órgãos de trânsito de todos os Estados disseram que não cumpririam o prazo estabelecido pelo Departamento Nacional de Trânsito. O cronograma será adiado por um ano - motos e carros novos vão receber o chip somente a partir de 2014. O prazo final de implantação será junho de 2015, quando nenhum veículo poderá circular sem ele. Os chips fazem parte do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos, que o governo tenta implantar desde 2006. Ele já passou por mudanças e foi prorrogado diversas vezes.

Condenado à morte
O Exército dos EUA afirmou que irá pedir a pena de morte para o soldado Robert Bales, acusado de massacrar 16 civis afegãos em março. Os assassinatos, cometidos em duas vilas, num espaço de tempo de cinco horas, fez com que os EUA fossem obrigados a suspender temporariamente as operações militares no país afegão, devido aos protestos que se seguiram. Promotores afirmam que Bales saiu da província de Kandahar, atacou uma vila, retornou à base e então deixou novamente a posição para atacar os moradores de outro local. Nove dos 16 mortos eram crianças. A corte marcial deve acontecer em uma base de Washington, onde o sargento está detido. A data ainda não foi marcada.

Devolução de mandato
O Senado homenageou oito parlamentares cassados durante a ditadura militar (1964-1985), com a devolução simbólica dos mandatos. O único ex-senador vivo é Marcello Alencar, do Rio de Janeiro. Dentre os homenageados está o ex-presidente da República Juscelino Kubitschek, então senador por Goiás. No caso dos parlamentares mortos, os diplomas serão entregues aos familiares. Serão homenageados os ex-senadores Aarão Steinbruch (1917-1992), RJ; Arthur Virgílio Filho (1921-1987), AM; João Abraão Sobrinho (1907-1993), GO; Mário de Sousa Martins (1913-1994), RJ; Pedro Ludovico Teixeira (1891-1979), GO; e Wilson de Queirós Campos (1924-2001), PE.

Endividados
O percentual de famílias que relataram ter dívidas entre cheque pré-datado; cartão de crédito; cheque especial; carnê de loja; empréstimo pessoal, prestação de carro e seguros aumentou em dezembro de 2012, a 60,7% do total, o maior patamar do ano, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Conforme a pesquisa, em novembro de 2012, 59,0% haviam declarado possuir dívidas e, em dezembro do ano anterior, 58,6%. A Intenção de Consumo das Famílias subiu 3,2% (138,0 pontos) na comparação com novembro e cresceu 0,5% em relação ao mesmo mês de 2011. O percentual de famílias endividadas aumentou em dezembro de 2012.

Muito imposto
O Brasil é segundo país que mais paga tributos sobre o preço final de uma lista de 16 itens de consumo, conforme pesquisa feita em 22 países pela empresa britânica UHY. Os tributos no País chegam a 28,7% do preço da cesta de produtos. A média mundial é de 13,8%. Em primeiro lugar aparece a Índia, com 38%. O levantamento analisou o valor dos tributos como ICMS; PIS/COFINS e IPI, em 16 produtos. Eles custam 42,2% do preço final do iPad, 27,3% do valor da conta de energia elétrica e 27,2% do preço de uma refeição. A tributação em roupas infantis (27,2%) também é a maior dentre os países e o Brasil conta com a segunda maior tributação em preços de vinhos (44,3%).

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Lei mira a perturbação do sossego público

14/09/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) encaminhou à Câmara Municipal um projeto promovendo modificações na Lei Complementar 279/2...

Aumenta demanda por atendimento

08/09/2017

Revelados nesta segunda feira (4), pela dirigente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Eriz...

Prazo para adesão próximo de acabar

31/08/2017

Contribuintes que estão inadimplentes com a Prefeitura de Anápolis têm até o dia 14 de setembro para quitar suas dívidas...

Ação contra Carla Santillo prescreveu

31/08/2017

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) entendeu estar prescrita a ação em desfavor de Carl...