(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 381

Geral Comentários 31 de agosto de 2012

Notas Gerais


Bom conselho
A mulher mais rica do mundo, a australiana Gina Rinehart, herdeira do império construído por seu pai, fez piada com os "invejosos", que, segundo ela, passam mais tempo bebendo que trabalhando. Ela também pediu ao governo que diminua o salário mínimo para atrair mais investimentos. Gina Rinehart, herdeira e presidente do grupo Hancock Prospecting, tem uma fortuna avaliada em US$ 30 bilhões, segundo a Business Review Weekly (BRW). "Se sentem inveja dos que têm mais dinheiro que vocês, não fiquem sentados reclamando. Façam algo para ganhar mais, passem menos tempo bebendo, fumando e brincando. Ou seja: trabalhem mais", completa o texto.

Dilma durona
Ao comentar a tramitação do Código Florestal no Congresso Nacional, a presidente Dilma Rousseff disse que o governo não "assume responsabilidade" por negociações feitas sem a presença dele. A comissão especial do Congresso aprovou na quarta-feira a medida provisória do Código Florestal, com alterações que beneficiam as médias e grandes propriedades rurais. "O governo considera importante alguns itens dessa medida provisória, entre eles, o que nós chamamos de escadinha e também não vê motivos, não há motivos econômicos para que nós não mantenhamos as áreas de proteção ambiental ao longo do leito dos rios, sejam eles perenes ou não", disse ela.

Desespero
Um comerciante foi preso em flagrante após invadir, com um carro, o Hospital Regional de Taguatinga - DF, na noite de quarta-feira, 29. Lucivan de Souza Lopes, de 33 anos, disse que foi um protesto pela demora no atendimento. Lopes pagou a fiança e responderá ao processo em liberdade. O motivo do crime seria o descaso do hospital com seu irmão, também de 33 anos, internado na UTI há quatro dias. O paciente deveria passar por uma cirurgia no joelho na tarde de quarta-feira, mas o procedimento foi remarcado. Segundo a Secretaria de Saúde, a cirurgia só foi remarcada porque outros casos mais urgentes surgiram e exigiram o empenho da equipe que estava no plantão.

Massacre na fronteira
A Promotoria da Venezuela investiga um suposto massacre de índios ianomâmi numa aldeia situada na fronteira com o Brasil. Garimpeiros brasileiros são tidos como suspeitos da morte de, até, 80 de pessoas. O massacre, segundo testemunhas, teria sido pela tentativa dos garimpeiros de estuprarem mulheres indígenas. A Promotoria Geral da Venezuela criou uma comissão para investigar o suposto ataque, que teria ocorrido em julho, mas cujos detalhes só vieram à tona nos últimos dias. Os ianomâmi são uma das maiores tribos relativamente isoladas da América do Sul. Eles vivem nas florestas tropicais e em montanhas situadas no extremo norte do Brasil e no sul da Venezuela.

Salários sobem
Levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos aponta que 96,5% dos reajustes salariais de 370 categorias avaliadas no primeiro semestre de 2012 ficaram acima da inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor. O desempenho é o melhor desde 1996. Em 2011, 85,1% das categorias conseguiram reajustes acima da inflação e, em 2010, 88,1%. O Dieese apontou ainda que apenas duas categorias do setor de serviços, ou 0,5% das avaliadas, tiveram reajustes abaixo do INPC-IBGE, cujo índice varia de acordo com o período da data-base das negociações. Mesmo, assim, tiveram reajustes entre 0,01% e 1% abaixo da inflação.

Monitoramento
A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, anunciou que até o fim do ano o Brasil terá um sistema integrado de monitoramento das ações de direitos humanos. Ela citou as áreas de saúde; moradia; segurança, presídios e penitenciárias; a situação dos povos indígenas; do racismo; das mulheres; pessoas com deficiência, enfim, das populações especialmente vulneráveis, entre outras. Ao participar da abertura de encontro no Ministério Público do Rio, Maria do Rosário falou sobre a terceira edição do Programa Nacional de Direitos Humanos, que orienta as ações do governo no setor e a importância da participação da sociedade civil na fiscalização do programa.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....

Projeto da sede do MP tem significativo avanço

12/04/2017

A proposta de se definir uma nova sede para as promotorias de Justiça em Anápolis (hoje funcionando em um edifício da Aven...

Advogados receberam a Caravana Nacional de Prerrogativas

07/04/2017

Morosidade do Poder Judiciário; desrespeito por parte de autoridades policiais, juízes, promotores; porte de arma; e até o...