(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 333

Geral Comentários 23 de setembro de 2011

Notas Gerais


Leite das crianças
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária mudou as regras para a produção e a comercialização de alimentos infantis, em pó ou na forma líquida, feitos à base de leite de vaca e outros animais, ou, com soja. As normas tratam da alimentação para crianças de até três anos. De acordo com Antônia Aquino, gerente de produtos especiais da ANVISA, haverá pequenas alterações na composição nutricional dos produtos. Determinadas vitaminas terão limites máximo e mínimo. A comparação entre as portarias publicadas no "Diário Oficial" da União com a norma vigente desde 1998 indica variações sutis na proporção de gordura, proteína e vitamina A nas fórmulas.

Documentos secretos
Os arquivos do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência guardam mais de 69 mil documentos sigilosos, sendo dois ultrassecretos. O número foi revelado pelo ministro do José Élito Siqueira, ao Senado, em resposta ao requerimento apresentado pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores, Fernando Collor (PTB-AL), sobre esse tipo de documento. O general informou que sua pasta produz, em média, "2.850 documentos sigilosos e 1.860 ostensivos" por ano. Na relação, o GSI aponta que possui apenas dois documentos ultrassecretos (maior grau de sigilo), 4.116 secretos, 56.644 confidenciais e 8.344 reservados. Ao todo: 69.106 documentos considerados sigilosos.

A força de Lula
O Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva não conseguiu fazer mágica na reunião em que tentou convencer o PMDB a aprovar o financiamento público de campanhas. E, sem o PMDB, o projeto petista até passa na comissão especial da Câmara, mas morre no plenário. A intenção é que o relatório da reforma política seja votado na Câmara na primeira semana de outubro. No último dia 21 de setembro, o relator da reforma política na Câmara dos deputados, Henrique Fontana (PT-RS), afirmou que os cinco partidos reunidos com o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) concordaram com o financiamento público exclusivo nas campanhas eleitorais. A discussão é bem ampla.

O Papa e a economia
A crise financeira em alguns países da Europa foi um dos principais assuntos da reunião entre a chanceler alemã (premiê), Ângela Merkel, e o Papa Bento 16, que iniciou uma visita a Berlim. De acordo com a agência de notícias local DPA, durante o encontro, realizado na sede da Conferência Episcopal Alemã, Merkel destacou a importância de a Europa permanecer unida e de adotar medidas em conformidade. "A política deve ter a força de organizar a sociedade e de não ser influenciada por outros fatores", disse a chanceler, segundo a DPA. Merkel disse que este é um dos grandes desafios "na era da globalização" e que a unidade da Europa significa "bem-estar, democracia e liberdade".

A entrevista de Bruno
A entrevista que o jornalista Jorge Kajuru, 50, fez com o goleiro Bruno aconteceu em dezembro e vai custar R$ 150 mil. Ainda não se sabe quem vai pagar a conta, mas esse dinheiro terá de ser depositado na conta do ex-advogado de Bruno, Ércio Quaresmo, para que a entrevista vá ao ar, disse o jornalista. "Eu não vou recebo nada, esse dinheiro tem de ser pago ao ex-advogado dele, com quem a gente assinou acordo". O advogado não foi localizado para falar sobre o assunto. No final de 2010, Quaresma foi flagrado em vídeo fumando crack, acabou admitindo o vício e foi destituído do caso pela família do jogador. A destituição oficial, no entanto, ocorreu somente em meados de janeiro.

Comissão da Verdade
A Câmara Federal aprovou o projeto de lei que cria a Comissão da Verdade, grupo governamental que investigará e fará a narrativa oficial das violações aos direitos humanos ocorridos entre 1946 e 1988, inclusive as mortes e torturas praticadas pelo Estado na ditadura militar. O texto, mudado devido a um acordo costurado até o último momento, ainda precisa passar pelo Senado e, depois, ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff. O governo conseguiu colocar em prática seu desejo de votar a matéria às pressas, em regime de urgência urgentíssima, impedindo assim que ele fosse debatido na Casa - o que foi alvo de críticas de setores da esquerda, que discordam do projeto.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...