(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 318

Geral Comentários 10 de junho de 2011

Notas Gerais


Fumantes
A Secretaria de Direito Econômico, do Ministério da Justiça, recomendou ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que condene a Souza Cruz e a Philip Morris por conduta lesiva à concorrência. Segundo investigação da Secretaria, as duas empresas firmavam contratos anticoncorrenciais com pontos de venda, exigindo exclusividade na publicidade e na exposição de cigarros e proibindo, por exemplo, a exibição de qualquer tipo de propaganda de marcas concorrentes. O caso segue, agora, para o Cade, que é o responsável por julgar esse tipo de infração à ordem econômica. Se condenadas, as empresas envolvidas poderão pagar multa de até 30% do faturamento.

Juros altos
A taxa média de juros do cheque especial subiu de 9,47% ao mês em maio para 9,53% em junho nos bancos pesquisados pelo PROCON-SP, segundo pesquisa divulgada na quinta-feira, 09. As altas foram verificadas no Banco do Brasil, de 8,27% para 8,37%, e na Caixa Econômica Federal, na qual passou de 7,95% para 8,27%. O levantamento, feito no dia 1º de junho, englobou ainda Bradesco, HSBC, Itaú, Safra e Santander. No empréstimo pessoal, a taxa média se manteve em 5,60% ao mês. Considerando existir a possibilidade de variação dos juros em função do prazo do contrato, foi estipulado o período de um ano. Para o cheque especial, foi considerado o período de 30 dias.

Vizinhos
A presidente Dilma Rousseff recebeu nesta quinta-feira, 09, em Brasília o presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, na primeira etapa da excursão do peruano por aproximação com os países do MERCOSUL. Humala, que venceu o segundo turno das eleições presidenciais do Peru no domingo passado, chegou às 10h00 no Palácio do Planalto e entrou por uma porta lateral. O presidente eleito se recusou a falar com a imprensa na chegada na sede da Presidência da República, mas parou para a tradicional fotografia do aperto de mão. O Peru, país fronteiriço ao Brasil, enfrenta problemas graves, semelhantes ao vizinho, principalmente a produção e o tráfico de drogas.

Notas sujas
O Banco Central modificou as normas anteriores e agora, as instituições financeiras terão trocar as notas danificadas que, eventualmente, os correntistas tenham sacado direto de caixas eletrônicos. "Esse procedimento deverá ocorrer imediatamente após a apresentação da cédula à instituição financeira", diz o BC, em nota divulgada na quinta-feira, 09. Essa substituição deverá ocorrer às "expensas" da instituição financeira. A cédula danificada deverá ser encaminhada para análise e "saneamento" no BC, que vai cobrar os custos do serviço aos bancos. Pela norma anterior, o cliente que recebia a nota danificada deveria encaminhar para o banco, para posterior investigação pelo BC.

Pesquisadores
Os dois principais órgãos de fomento à pesquisa nacional terão recursos extras para aumentar o número de bolsas de pesquisa no exterior. Serão 75 mil novas bolsas de graduação, doutorado e pós-doutorado até 2014. A oferta será da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), com 40 mil bolsas, e do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), com 35 mil. A decisão foi anunciada nesta semana, depois de uma reunião com os ministros da Educação, Fernando Haddad, e de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, com reitores de universidade e de institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

Nas alturas
A decisão do Comitê de Política Monetária, de elevar a taxa básica de juros do País em 0,25 ponto percentual, para 12,25% ao ano, fez com que o Brasil mantivesse a liderança do ranking dos países com maiores juros reais do planeta. O Brasil ocupa a primeira posição do ranking desde janeiro de 2010. Com a alta, os juros reais foram a 6,8% ao ano. Na segunda posição aparece o Chile, com taxa real de 1,5%, mais de quatro vezes menor que a taxa brasileira. Na terceira posição está a Austrália, com 1,4%. O ranking é elaborado por Jason Vieira, analista internacional do Cruzeiro do Sul, e Thiago Davino, gerente financeiro da Weisul Agrícola, com 40 das maiores economias do planeta.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura vai contratar OS para promover os eventos natalinos

12/10/2017

A Prefeitura está lançando edital de chamamento público para seleção e posterior estabelecimento de Termo de Colaboraç...

Anápolis tem 1ª Olimpíada Digital de Matemática

12/10/2017

A Prefeitura de Anápolis, através da Secretaria Municipal de Educação, promove a 1ª Olimpíada Digital de Matemática. O...

Pesquisa retrata infância em Goiás

12/10/2017

O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan)...

Fisco flagra transporte com notas irregulares

12/10/2017

A equipe do Comando Volante da Delegacia Regional de Fiscalização de Anápolis flagrou na última terça-feira,10, dois cam...