(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 271

Geral Comentários 01 de julho de 2010

Notas Gerais


Celular
O Procon de São Paulo realizou uma pesquisa presencial com 245 pessoas, e mais 3840 feitas através da internet em abril, sobre a confiabilidade de pagamentos de contas via telefone celular. Para 75,56% dos entrevistados pessoalmente, o método não é seguro e 66,22% dos questionados online apontaram a mesma insegurança. O receio é de fraudes no sistema e o alto histórico de reclamações com relação ao serviço de telefonia móvel. O sistema de pagamento pode ser feito por SMS ou aproximação do aparelho com máquinas como a que se usa, hoje, para pagamento com cartões. A maioria das pessoas entrevistada disse não estar preparada para escolher a operadora de celular e o plano.

Online
Foi inaugurado, nesta semana, o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), agora, com o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), desenvolvido pela InterSystems. O sistema abrange todos os processos de gestão clínica, desde a entrada do paciente no hospital até a prescrição médica. O HRAN é o quinto hospital da rede pública de saúde do Distrito Federal que utiliza o sistema. O projeto prevê a introdução da plataforma em 14 hospitais, com 4.170 leitos, além de 63 centros de saúde do GDF até maio de 2011, para 2,5 milhões de pacientes. O sistema garante mais eficiência no atendimento ao paciente, redução de custos e melhorias na gestão de materiais hospitalares e medicamentos.

Acidentes
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou texto que prevê o aumento do rigor na punição de motoristas envolvidos em atropelamentos. Pela proposta, o motorista que provocar um acidente de trânsito com morte e tiver ultrapassado bicicleta com distância lateral menor a 1,50 m, participado de rachas, andado com excesso de velocidade, dirigido sem a habilitação ou não prestar socorro à vítima poderá ser condenado por homicídio doloso (com intenção de matar). A tipificação dos crimes de trânsito hoje prevê apenas o homicídio ou lesão corporal culposa (sem intenção). O objetivo é conter o grande índice de desastres no País.

Tributos
A diminuição da carga tributária é um ponto importante no combate à redução das desigualdades no Brasil, disse a secretária de Renda e Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social, Lúcia Modesto. Na avaliação da secretária, os impostos sobre consumo, que constituem grande parte da carga brasileira, pesam proporcionalmente mais nos orçamentos das famílias de menor renda e precisam ser revistos. "Essa é uma discussão que o Brasil precisa de coragem para fazer. A reforma está aí, no Congresso, foi encaminhada várias vezes, mas até hoje a gente não conseguiu avançar em um novo desenho tributário", disse ela no 13° Congresso da Rede Mundial de Renda Básica.

Malhação
As propagandas prometem agilizar a perda de peso e o desenvolvimento muscular, tudo isso no trabalho, durante compras ou em uma caminhada. Mas, médicos americanos alertam que os tênis "milagrosos" podem não ser tão eficientes assim e, pior, podem fazer mal ao corpo. As informações são do USA Today. Os fabricantes afirmam que o calçado ajuda a desenvolver os glúteos, pernas e abdome, geralmente sem necessitar de trabalhos de ginástica. O segredo estaria na forma do solado, que forçaria o trabalho dos músculos. Na economia, o segmento de tênis esportivos representa US$ 17 bilhões a cada ano (cerca de R$ 30 bilhões). E, 90% dos clientes deste mercado são mulheres.

Investimentos
O ouro foi a modalidade de investimento com o melhor desempenho tanto no mês de junho como no primeiro semestre deste ano. O metal acumulou valorização de 2,92% e 19,52%, respectivamente. Na outra ponta, o euro foi a pior aplicação, com 11,61% de desvalorização. A Bolsa de Valores amargou perdas de 3,35% no mês e de 11,16% no acumulado do ano. “Foi um semestre horroroso para a Bolsa”, resume José Francisco Gonçalves, economista-chefe do banco Fator. Mas, apesar do bom desempenho no ano, Gonçalves considera o ouro como um indicador frágil, porque tem um mercado muito pequeno. “O fato de subir muito reflete esse tamanho reduzido do mercado”, afirma.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...