(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed. 261

Geral Comentários 23 de abril de 2010

Notas Gerais - Ed. 261


Pirataria
A Unesco anunciou a criação do Observatório Mundial da Luta Contra a Pirataria na Edição de Livros, uma plataforma gratuita na internet que reunirá informações sobre políticas, legislações e medidas dos estados membros dessa organização. "Não pode haver desenvolvimento do livro se não for respeitado o direito de autor", afirmou Irina Bokova, a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em comunicado difundido por ocasião do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autoria. Esta plataforma contém dados compreensíveis e atualizados sobre as políticas e as medidas necessárias para lutar contra a pirataria do livro, explicou.

Devedores
O déficit em contas correntes registrou o valor de US$ 12,145 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Este é o maior desde que a série histórica começou a ser registrada, em 1947. O número é 145% maior comparado ao de 2009, que foi de US$ 4,938 bilhões. O déficit foi influenciado pelo saldo negativo na conta de rendas e serviços, de US$ 13,823 bilhões. No primeiro trimestre de 2009, o déficit nos quesitos foi de US$ 8,788 bilhões. A piora na balança comercial também contribuiu para o resultado. O superávit comercial ficou em US$ 892 milhões no período, contra US$ 2,988 bilhões registrados no ano passado. Reflexos da crise financeira internacional de 2009.

Viajando
Os gastos de brasileiros em viagens ao exterior chegaram a US$ 3,340 bilhões no primeiro trimestre deste ano, informou o Banco Central (BC). O número é 74% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado: US$ 1,917 bilhão. Para o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, o aumento é impulsionado pelo "ganho de renda e emprego". Já os gastos de estrangeiros no Brasil, nos três primeiros meses do ano, ficou em US$ 1,655 bilhão, contra US$ 1,422 bilhão observado no mesmo período de 2009. Em março, os gastos de brasileiros no exterior ficaram em US$ 1,121 bilhão e os de estrangeiros no Brasil chegaram a US$ 578 milhões.

Aposentados
A Força Sindical criticou as propostas feitas pelo líder do Governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), para o reajuste de aposentados e pensionistas que ganham mais de um salário mínimo. A nota, assinada pelo presidente da instituição, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, classifica como injusta e "discriminatória" qualquer situação que não seja o aumento com índice do INPC mais 80% do PIB, que resultaria, hoje, em 7,71%. Segundo a nota, o aumento para todos os aposentados em 7,71%, defendido por muitos líderes da Câmara e Senado, irá injetar cerca de R$ 1,7 bilhão na economia, gerando consumo, produção e empregos.

Problemas no PT
Impasses entre o PT e partidos aliados na formação de palanques regionais têm atrapalhado a agenda da pré-candidata do partido à presidência, Dilma Rousseff. Depois de cancelar parte dos compromissos que tinha no Ceará, na semana passada, Dilma suspendeu a viagem que faria ao Paraná neste final de semana. Nos dois casos, os motivos são entraves nas negociações políticas entre o PT e os aliados. Dirigentes do PT apontam o descompasso entre o partido e a coordenação da pré-campanha como o motivo para as confusões na agenda da ex-ministra. “Falta ajustar a sintonia fina na relação entre o partido e a coordenação da pré-campanha”, disse um dirigente petista.

Cadeirinhas
O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) deve estender a obrigatoriedade do uso da cadeirinha para crianças de até sete anos e meio para o transporte escolar. Isso deve acontecer quando forem regulamentadas as resoluções sobre o transporte escolar em geral, que estão sendo discutidas nas câmaras temáticas do Conselho Nacional de Trânsito. "A regulamentação pode ocorrer a qualquer momento, quando terminarem os estudos. Depois disso, os perueiros também terão um tempo para adaptar os veículos, assim como ocorreu com a população em geral, no caso das cadeirinhas, cuja mudança foi aprovada há dois anos", explica o presidente do Contran, Alfredo Peres da Silva.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura quer novas regras para a exploração do serviço funerário

27/04/2017

A Prefeitura de Anápolis vai criar novas regras para a exploração do serviço funerário. As atuais são consideradas obso...

Membros do Conselho da Juventude empossados em concorrida solenidade

27/04/2017

Aconteceu na manhã da última terça-feira, 25, no miniauditório da Prefeitura de Anápolis, a posse dos membros do Conselh...

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....