(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Tribunal de Justiça de Goiás deu posse para cinco novos desembargadores

Geral Comentários 24 de janeiro de 2019

Quatro dos empossados já foram juízes na Comarca de Anápolis. Marcus da Costa Ferreira é natural do Município


O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, empossou, em cerimônia realizada na segunda-feira (21), os cinco novos desembargadores para compor o colegiado: José Carlos de Oliveira, Delintro Belo de Almeida Filho, Marcus da Costa Ferreira, Carlos Roberto Fávaro e Jairo Ferreira Júnior. Magistrados de carreira, eles foram eleitos por critérios de merecimento e antiguidade, no dia 12 de dezembro do ano passado. O evento foi realizado no novo salão do Órgão Especial, que será oficialmente inaugurado no dia 31 de janeiro.
Em nome da Corte do TJGO, desembargador Carlos Alberto França saudou os colegas de profissão e destacou o currículo profissional de cada um deles em seu discurso. “É um momento de júbilo para o Judiciário goiano, que conta com cinco valorosos novos desembargadores – cada um com sua história, traçada ao longo de décadas servindo a magistratura”.
Representando o Ministério Público de Goiás, o procurador-geral Benedito Torres Neto também parabenizou os cinco magistrados, que apresentam “destreza, valorosa história e bagagem em prol da Justiça do Estado. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Lúcio Flávio Siqueira de Paiva, falou que a entidade caminhará junto para “a construção e distribuição de Justiça, a fim de atingir pacificação social”.

Novos
desembargadores
Com um discurso emocionado, José Carlos de Oliveira falou que se tornar desembargador é um sonho “há muito tempo perseguido”. Filho e neto de retirantes da seca do sertão, alfabetizado pelo próprio pai, ele relembrou os tempos de escola e quando fitava a Faculdade de Direito. “Assumo o cargo com espírito de humildade, feliz pela honraria, mas ciente dos encargos”.
Carlos Roberto Fávaro reconheceu estar no “ápice de sua carreira” e afirmou se tratar de uma “caminhada conjunta”, agradecendo a todos que o acompanharam nessa trajetória. Delintro Belo de Almeida Filho, que é diácono da Igreja Católica, agradeceu a Deus, e citou seu histórico desde sua cidade natal, Taguatinga, antes considerada no Norte goiano, hoje sul do Tocantins.
Em tom de oração, Marcus da Costa Ferreira agradeceu a família pelo apoio recebido durante toda sua carreira. “Tornar-me desembargador é algo que em juventude não poderia imaginar. Contudo, não deixo de ser juiz. Peço serenidade e prudência para discernir o certo do errado”. Já o desembargador Jairo Ferreira Júnior preferiu não fazer uso da palavra durante a posse solene.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Copa Sesc recebe inscrições até o dia 25 próximo

17/04/2019

Um dos maiores eventos esportivos no Estado, a Copa Sesc já está com inscrições abertas para esportes coletivos e individ...

Policial de Anápolis está no epicentro da crise entre o STF e a Procuradoria

17/04/2019

Um policial civil de Anápolis está entre os investigados no inquérito aberto pelo ministro do Supremo tribunal Federal, Al...

Procon alerta sobre preço de peixes

13/04/2019

Tradicional, a Semana Santa está chegando e a tendência é de aumento da demanda por pescados. Por isso, a Secretaria Munic...

Cadin Estadual tem quase 130 mil inscritos

13/04/2019

O Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais, o Cadin Estadual, completou, recentemen...