(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Tribunal aponta falhas em obras de creches goianas

Geral Comentários 25 de outubro de 2013

Prefeitura de Anápolis não recebeu notificação do TCU e que problemas já constatados serão corrigidos


O Tribunal de Contas da União, em processo relatado pelo ministro Valmir Campelo, apontou que uma auditoria feita em centros educacionais construídoss no âmbito do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância), em Anápolis e Senador Canedo, apresentaram “qualidade deficiente”.
Segundo foi divulgado no site do TCU, em Anápolis, cinco passaram pelo crivo da auditoria, mas apenas as creches dos setores Calixtolândia e Bairro de Lourdes apresentaram problemas na qualidade das estruturas. O governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), repassou mais de R$ 11 milhões para a construção das nove escolas nos dois municípios.
Por serem pontuais, o TCU cientificou os municípios sobre as irregularidades e enviará cópia do relatório e da decisão ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
O Proinfância foi criado em 2007 com o objetivo de garantir acesso de crianças a creches e escolas infantis da rede pública por meio de assistência financeira ao Distrito Federal e a municípios. Os recursos devem ser empregados em construção, reforma e aquisição de equipamentos.

Nota
A Prefeitura de Anápolis, a pedido da redação, se manifestou por meio de uma nota, onde a Secretaria Municipal de Educação informa que ainda não recebeu nenhuma notificação do Tribunal de Contas da União (TCU). “As creches no Calixtolândia e Bairro de Lourdes estão sendo acompanhadas pela equipe de obras da pasta e a questão da infraestrutura foi detectada e que a empresa responsável pela obra já foi notificada para que faça as adequações necessárias”, destaca o texto.
A nota ainda acrescenta que as creches estão em fase de conclusão e estão previstas para serem inauguradas no final deste ano, para que possam começar suas atividades já no início de 2014. Cerca de 300 crianças serão beneficiadas nas duas unidades.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...