(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Transparência no sorteio de vagas é objeto de debate

Geral Comentários 29 de novembro de 2018

Promotores apontaram existência de denúncias de irregularidades, como o favorecimento de vagas em unidades


As promotoras de Justiça Maria Bernadete Crispim, titular da 42ª Promotoria de Goiânia; Carla Brant Sebba Roriz, da 13ª Promotoria de Anápolis, e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação (Cao Educação), Liana Antunes, reuniram-se com o coronel Anésio Barbosa para tratar do sorteio de vagas nos Colégios Militares.
A promotora Maria Bernadete apontou que o edital encaminhado pelo Comando de Ensino da Polícia Militar não apresentou as vagas que foram desocupadas após a graduação dos alunos do 3º ano ou de alunos desistentes e reprovados. Também ressaltou que existem denúncias sobre irregularidades e favorecimento de vagas por alunos cujos pais seriam amigos dos diretores.
O coronel concordou que existe a necessidade de se criar um critério para preenchimento das vagas remanescentes após o sorteio, como um cadastro reserva, e se colocou à disposição para desenvolver uma forma de preenchimento de vagas que acabe com as reclamações. O representante da PM também ponderou a importância de dar aos diretores uma margem de discricionariedade para solucionar casos específicos como de irmãos de alunos já matriculados. Por apontamento da promotora Maria Bernadete, também foram discutidas questões referentes à inclusão de alunos com deficiência na rede. Ela requisitou que seja feito um levantamento do número de alunos com deficiência já matriculados nos Colégios Militares.
A promotora Carla Roriz ponderou quanto à cobrança de matrícula pelos colégios da rede, o que levou a coordenadora Liana a solicitar ao coronel, que fosse encaminhada orientação aos diretores dos colégios para que se abstivessem de vincular, ou permitir vinculação, da prestação do serviço educacional ao pagamento de mensalidades ou quaisquer contribuições.
A pedido da coordenadora do CAO Educação, Liana Antunes, o coronel comprometeu-se a encaminhar, em um prazo de 30 dias, um plano de gestão das vagas remanescentes ao sorteio e que surgirem no decorrer do ano letivo. A próxima reunião do grupo será realizada no dia 11 de dezembro às 14:30h na sede do MP-GO.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Procon de Anápolis promove curso de Defesa do Consumidor

15/03/2019

Nesta sexta-feira, 15, comemora-se o Dia Internacional do Consumidor e, em alusão a data, a Prefeitura de Anápolis, por mei...

Mulher trabalhadora recebe 79,5% do rendimento do homem no Brasil

15/03/2019

Em 2018, o rendimento médio das mulheres ocupadas com entre 25 e 49 anos de idade (R$ 2.050) equivalia a 79,5% do recebido p...

Adesão automática a cadastro vai à sanção presidencial

15/03/2019

A adesão automática de consumidores e empresas aos cadastros positivos de crédito segue para sanção presidencial. O Plen...

Vereador pede reativação da Delegacia de Meio Ambiente

15/03/2019

O vereador Valdete Fernandes (PDT) sempre se mostrou incomodado e sensível quanto às questões ambientais no município de ...