(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Tendência na oferta de postos de trabalho em Anápolis é de melhora

Economia Comentários 25 de outubro de 2018

Em setembro, o saldo positivo foi de 372 novos empregos formais, ante 220 no mesmo mês de 2017


Com um saldo positivo de 372 novas vagas de empregos formais em setembro, o mercado de trabalho em Anápolis continua com tendência de melhora desde junho e julho, meses em que houve os dois últimos resultados negativos do ano. Os 372 novos empregos criados em setembro são resultantes de 2.963 admissões e 2.591 desligamentos, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho e Emprego.
A estatística do CAGED mostra que o setor de Serviços foi o segmento que mais empregou em setembro, com 166 novos contratos de carteira assinada. Vieram, a seguir, a Indústria de Transformação, com 127 vagas e o Comércio, com outras 102 vagas. O Serviço Industrial de Utilidade Pública, também, contribuiu com o saldo positivo de 12 vagas.

Oscilações
Apresentando muitas oscilações ao longo do ano, o setor da Construção Civil fechou o mês de setembro com um saldo negativo de 32 vagas o que também ocorreu com a Agropecuária, com o fechamento de 3 vagas. Em contrapartida, os segmentos de extração mineral e administração pública não obtiveram saldos na última estatística divulgada.
Do total de 2.963 contratações, 260 foram para o primeiro emprego, 2.603 para o reemprego e 97 através de contratos de trabalho por tempo determinado. Já, entre os 2.603 desligamentos, 1.556 ocorreram sem justa causa, 32 por justa causa, 618 a pedido dos próprios trabalhadores e 07 por morte. A estatística mostra, ainda, que as funções que mais admitiam foram as de auxiliar de escritório em geral; alimentador de linha de produção; vendedor de comércio varejista; motorista de caminhão para viagens nacionais e internacionais, faxineiro e servente de obras.

No País e em Goiás
No comparativo com setembro do ano passado, quando o saldo positivo foi de 220 vagas, no mesmo mês deste ano houve um aumento de 153 novos postos, número que deixou Anápolis na terceira posição entre as cidades goianas que mais geraram empregos celetistas no mês. No acumulado do ano, os diversos segmentos da economia do Município já abriram 1.492 novas vagas, enquanto que o saldo positivo em 12 meses é de 1.960 novos empregos formais.
No Posto de Atendimento do Sistema Nacional de Empregos (SINE) de Anápolis, a coordenadora do órgão, Milene Souza Mota, informou que em setembro foram feitos 8.543 atendimentos para a intermediação em busca de vagas de empregos e também para cursos de qualificação profissional. Segundo ela, o órgão fez ainda 1.497 postagens para o recebimento de seguro desemprego e captou, entre as empresas locais, 408 novas vagas de empregos formais.
Em todo o Estado foram criados 3.265 novos postos de trabalho no mês de setembro, um número resultado de 46.586 contratações e 43.321 desligamentos. Entre os dez municípios com mais de 30 mil habitantes que mais abriram vagas, a liderança ficou com Goiânia, com 1.570 novos empregos, seguido por Aparecida de Goiânia, 414; Anápolis, 372; Morrinhos, 325; Goiatuba, 235; Minaçu, 135; Catalão e Rio Verde, 102. No mês, o saldo na geração de empregos foi positivo em 27 dos 36 municípios goianos com mais de 30 mil habitantes.
De acordo com o CAGED, já entre os municípios que apresentaram saldo negativo, a liderança ficou com Cristalina, com 752 vagas fechadas, seguido por Formosa, com menos 355; Itumbiara, com 334 vagas extintas; Planaltina, com menos 93 e Quirinópolis. A estatística do órgão aponta que o saldo foi negativo em. apenas. nove municípios goianos com mais de 30 mil habitantes.
No País foram gerados 137.336 novos empregos celetistas, o melhor resultado de 2018 e o melhor setembro em cinco anos. No acumulado do ano o País já criou 719.089 vagas, um número que mostra que o mercado continua com tendência de melhora. Os dados mostram, ainda, que o saldo foi positivo em todas as cinco regiões, lideradas pelo Nordeste (62.177), seguida pelo Sudeste (38.933); Sul (18.063), Norte (10.262) e Centro-Oeste (7.901). Entre as unidades federativas, o saldo foi positivo em 26 e com variação negativa, apenas, no Mato Grosso do Sul.

Autor(a): Ferreira Cunha

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Economia

Lançadas duas novas linhas de crédito

16/11/2018

A GoiásFomento está lançando duas novas linhas de crédito que serão oferecidas aos micro e pequenos empresários goianos...

Aplicativo de controle ‘Olho na Bomba’ já funciona em Anápolis

16/11/2018

Considerado uma ferramenta moderna que ajuda o consumidor a economizar na hora de abastecer o seu veículo, o aplicativo Olho...

Caoa Chery planeja produzir três modelos SUVs na planta de Anápolis

08/11/2018

O Polo Automotivo de Goiás dará um novo salto com os anúncios de investimentos para ampliação do parque industrial e o l...

Contribuintes podem quitar débitos com desconto até dia 19

02/11/2018

Vai até o dia 19 de novembro o prazo para os contribuintes em débito com o ICMS, IPVA e ITCD regularizem a situação fisc...