(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Tecnologia contra a violência

Segurança Comentários 21 de agosto de 2009

Através de um programa de informática, PM busca a eficiência para as ações operacionais e estratégicas que visam a segurança da população


Planejamento e sustentabilidade. Estas são as novas palavras de ordem na Polícia Militar. Para tornar mais eficiente o serviço prestado à comunidade, a corporação está investindo em tecnologia e inteligência. Na última terça-feira, 18, no auditório do 4º Batalhão, aconteceu um encontro com a participação de oficiais de 21 municípios jurisdicionados ao 3º Comando Regional de Anápolis, para a apresentação do programa “Gestão de Ações Programáticas e Indicadores de Desempenho”, desenvolvido pelo departamento de Tecnologia de Informação da Secretaria de Segurança Pública.
De acordo com Eduardo Noronha de Andrade Freitas, gestor de TI da secretaria, todas as unidades da Polícia Militar em Goiás já utilizam a ferramenta de planejamento, que está sendo aperfeiçoada. Em tempo real, são disponibilizadas, por exemplo, indicadores de criminalidade, sobre operações da PM e uma gama de informações que auxiliam a tomada de decisões, assim como contribui para avaliar o resultado das ações policiais.
O coronel Vicente Ferreira Filho, do 3º Comando Regional da PM, avalia que o programa foi muito bem recebido pelo Comando Geral, considerando o objetivo maior da iniciativa, que é oferecer um serviço de melhor qualidade à população. Segundo observou, hoje a PM já trabalha com diversas ferramentas tecnológicas, mas o novo pacote apresentado é mais abrangente e eficaz na consolidação de dados, “que são essenciais no apoio operacional, tático e estratégico da Polícia Militar”, ressaltou, acrescentando que para Anápolis e todos os municípios da regional, será um grande ganho de qualidade.
“Com essa nova ferramenta, a Polícia Militar busca fazer o seu trabalho num nível empresarial. Ou seja, buscando a satisfação da sociedade no trabalho que desempenhamos. Vamos ver o que podemos melhorar através das informações e trabalhar de forma mais rápida e prática”, sublinhou o Coronel Vicente.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...