(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

TCU brecou licitação do Centro de Internação, diz vereador

Cidade Comentários 11 de outubro de 2013

Agetop promete que a nova licitação vai ocorrer no mês de novembro, para iniciar a obra ainda este ano


Em visita à Agência Goiana de Transporte e Obras Públicas (Agetop), ocorrida na manhã da última terçafeira,08, o vereador Pastor Wilmar Silvestre (PT), foi informado pelo chefe de gabinete do órgão, que o adiamento, mais uma vez, da licitação para a construção do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), ou Centro de Internação de Menores Infratores, se deveu a exigências que teriam sido formuladas por parte do Tribunal de Contas da União (TCU). O adiamento foi confirmado na semana passada ao CONTEXTO, com exclusividade, pelo Juiz da Vara da Infância e Juventude, Carlos Limongi Sterse que, na ocasião, lamentou o fato, lembrando que a verba de cerca de R$ 10 milhões, está parada há cerca de quatro anos aguardando tão somente os desentraves burocráticos governamentais.
O Vereador Wilmar Silvestre discorreu sobre a visita que fez à Agetop, na sessão ordinária da Câmara Municipal, ainda na terça-feira. E, relatando as informações que obteve no órgão, atendendo as orientações do TCU, estão feitas correções no edital da licitação, que devem ser concluídas até a próxima semana. O projeto, que era estimado em R$ 10 milhões, deve chegar aos R$ 14 milhões.
A expectativa agora, disse Wilmar Silvestre, é de que até meados de novembro, a nova licitação seja realizada. A intenção da Agetop, seria iniciar a obra ainda este ano. “As adequações já passaram pela Procuradoria e pelo Tribunal de Contas, e acredito que não haverá mais reparos. Em meados de novembro concluiremos a licitação e no final do mesmo mês já estará disponível para dar a ordem de serviço”, garantiu ao vereador o chefe de gabinete da Agetop, Celso Flores Pinto, que ficou encarregado de receber o parlamentar, que se mostrou cético em relação ao início da obra este ano, por conta do período chuvoso.
No final de agosto, a Secretaria Estadual de Cidadania e Trabalho, que é a Pasta responsável pelo Case, chegou a anunciar que a construção se iniciaria no dia 10 de setembro. De lá para não havia informações novas, sendo que a confirmação do adiamento da licitação, foi obtida através do Juiz Carlos Limongi, que acompanha desde o início o projeto e trabalhou para buscar os recursos na esfera federal.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...