(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Subdelegacia do Trabalho ainda não normalizou emissão de CTPS

Geral Comentários 17 de junho de 2016

Problemas na nova versão do sistema informatizado de emissão da Carteira de Trabalho estão prejudicando o seu funcionamento


Apesar de ter sido retomada no último dia 1º de junho, depois de sua emissão ficar suspensa desde o dia 16 de maio, a confecção de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) na Subdelegacia do Trabalho e Emprego em Anápolis ainda não foi normalizada, depois que foi instalada uma nova versão do sistema informatizado de emissão do documento. “O sistema ainda não opera normalmente, devido o surgimento de alguns problemas em seu funcionamento”, justificou o gerente regional da Subdelegacia, Degmar Pereira revelando que está em contato permanente com técnicos do Ministério do Trabalho e Emprego, em Brasília para que o problema seja solucionado rapidamente.
Além da emissão de Carteira de Trabalho, está ocorrendo também problemas no pagamento do Seguro Desemprego, depois que o novo sistema da Subdelegacia passou a funcionar unificado com os sistemas informatizados da Caixa Econômica Federal, Receita Federal, INSS e o Ministério do Trabalho e Emprego. Degmar Pereira explicou que ao ser detectado qualquer dado divergente do que consta no sistema unificado, o pagamento do Segundo Desemprego é imediatamente bloqueado.
Ele reconhece que as falha no sistema vem causando problemas tanto para as pessoas que necessitam do documento e do pagamento de parcelas do Segundo Desemprego que estão bloqueadas como também para a Subdelegacia, que tem jurisdição em 42 municípios. “Estamos trabalhando para que o sistema retorne à normalidade até a próxima semana”, disse Degmar Pereira revelando que depois de alguns dias inoperantes, o sistema funcionou parcialmente na última quinta-feira. Ele, confirmando que depois da instalação da nova versão do sistema informatizado de emissão da CTPS os requerimentos solicitando a confecção do documento e de Seguro Desemprego estão sendo protocolados apenas na Subdelegacia. Antes de instalar o novo sistema, os pedidos podiam ser feitos também nas agências do Rápido e do Vapt Vupt.
De acordo com gerente da Subdelegacia, nas agências do Rápido e do Vapt Vupt, os pedidos de emissão do documento e de pagamento do seguro desemprego serão retomados somente depois que a Prefeitura de Anápolis e o Governo do Estado adquirir e instalar os equipamentos considerados compatíveis com a nova versão do sistema informatizado. “Sem estes equipamentos, as agências do Rápido e do Vapt Vupt ficam impossibilitadas de fazer este trabalho”, acrescentou Degmar Pereira, explicando que o novo processo unificou também os sistemas do Programa de Integração Social (PIS), do Seguro Desemprego e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
Seguro Desemprego
Sobre os problemas que estariam ocorrendo com o Segundo Desemprego, o gerente da Subdelegacia explicou que quando é detectado qualquer dado divergente o pagamento é suspenso, mas mantendo o direito ao trabalhador de entrar com recurso. No entanto, para quem está desempregado e dependendo do pagamento de parcelas do Segundo Desemprego, a situação se agrava ainda mais conforme explicou Degmar Pereira.
Segundo ele, dependendo do caso, os recursos demoram a ser julgados. “O prazo mínimo é de 45 dias”, disse o gerente da Subdelegacia, revelando que existem situações em que os recursos demoram até 120 dias para serem julgados. “A gente compreende que as pessoas que dependem do pagamento de parcelas do Segundo Desemprego ficam revoltadas”, disse Degmar Pereira explicando que em média 50% das pessoas que têm direito ao seguro desemprego recorrem quando o pagamento é bloqueado.
Ele reconhece que em muitas situações as pessoas não têm responsabilidade pelo bloqueio, mas explicou que em outras existem razões que a justificam. “Mas são poucas as situações em que as pessoas ficam sem receber o Seguro Desemprego”, acrescentou Degmar Pereira, revelando que aumento do índice de desemprego provocou um considerável incremento no número de requerimentos de Seguro Desemprego. Segundo ele, em média, são protocolados na Subdelegacia de Anápolis 50 pedidos de pagamentos do benefício por dia, o que representa 1.100 requerimentos por mês.

Autor(a): Ferreira Cunha

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

PROCON vê medidas para impedir os abusos nos preços

16/11/2017

A superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, afirmou na última terça-feira, 14, que, em conjunto com a Delegacia do...

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

16/11/2017

A Previdência Social é o ombro amigo da população brasileira, e tem como um dos princípios a solidariedade que busca amp...

Conferência debate os rumos da saúde

16/11/2017

A 10ª Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 04, 05 e 06 de dezembro próximo. Na oportunidade, serão de...

Joanápolis sedia a Festa do Milho

16/11/2017

Agregar valor à produção local e movimentar a economia. É com este objetivo que a Prefeitura, via Secretaria Municipal de...