(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

“Somos Irmãos” retrata a história da Maçonaria

Cultura Comentários 11 de abril de 2014

Obra assinada pelo escritor anapolino João Asmar traz um vasto acervo de informações sobre a instituição no mundo e em Anápolis


Prestes a completar 92 anos de idade, o contador; advogado; jornalista, professor e escritor João Asmar lança mais uma obra. “Somos Irmãos”, título da publicação junto à editora Kelps, conta com 385 páginas dedicadas à história da Maçonaria em Anápolis.
O livro faz uma homenagem póstuma à esposa do escritor, Maria Lúcia Rocha Asmar e aos seus pais, Abrahão Jorge Asmar e Amina Jorge Asmar. O prefácio é assinado por Barbosa Nunes, Grão Mestre do Grande Oriente Brasil. Segundo ele, “João Asmar descreve o mundo maçônico de todos nós integrantes da Arte Real, pelos vários Aspectos conceituais, históricos, caminho do aperfeiçoamento, alvorecer de um novo tempo e diante de um mundo habitado por seres racionais, ora reunidos, ora divididos em conflitos. Mas ele, Asmar, cultua a verdade indesmentível de que até diante da desarmonia do ódio, ninguém pode negar a máxima que titula este livro: Somos Irmãos”.
O livro tem ainda textos de apresentação apresentado pelos maçons Rui Rocha Macedo e Adolfo Ribeiro Valadares e pelo advogado e também Maçon Licínio Leal Barbosa, o qual compara a obra a uma “autêntica Enciclopédia da Maçonaria”. “Bem mais que uma Enciclopédia da Maço9naria, esta obra é um autêntico Breviário que todo Maçon deve ter ao seu lado, no local de trabalho e no lar, a fim de jamais perder de vista os sublimes ensinamentos da nobre instituição maçônica”, reforça. Tem ainda um ensaio assinado por Eurípedes Barsanulfo Junqueira, Grão Mestre Honorário do Grande Oriente do Estado de Goiás. Diz ele: “Li com a maior atenção e pude avaliar o valor do conteúdo. Registra fatos históricos e valorosas afirmações de maçons do mundo, verdadeiro alicerce da nossa formação histórica”.
No livro, João Asmar leva o leitor a ter conhecimento da Maçonaria desde a parte conceitual que envolve a instituição, passando pela sua história, que remonta a era medieval. Ele faz uma abordagem da relação da Maçonaria com a Igreja; cita os grandes nomes e feitos de Maçons e destaca, em especial, a Maçonaria em Anápolis, relacionando as lojas com as respectivas datas de fundação e membros.

O autor
João Asmar nasceu em Anápolis no dia 18 de junho de 1922. Filho de Abrahão Jorge Asmar e Amina Jorge Asmar. Foi casado com Maria Lúcia Rocha Asmar, falecida em 04 de agosto de 2003. Além de dedicar-se à literatura, é um cidadão ativo que participa de clubes de serviço e de entidades como a Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA). Obras publicadas: Meu Tesouro; Bom Tempo; Aulas; Relicário; O Tronco... e Outras Notas; Crônicas do Bem Querer; Anápolis e a Associação Comercial- Breves Históricos; Páginas Soltas I; Meu Tesouro Repartido; Coisas do Passado e Somos Irmãos.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

Verba de R$ 460 mil para a cultura

09/11/2017

Na manhã da última quarta-feira, 08, a Secretaria Municipal de Cultura anunciou o lançamento do edital de seleção de pro...

Festival Anapolino de Música inscreve até novembro

26/10/2017

O Festival Anapolino de Música (Famu) entra em sua 9ª edição valorizando a produção musical em Anápolis. O período de...

Bolsa literária está de volta este ano

26/10/2017

O secretário municipal de Cultura, Erivelson Borges Filho, participou na manhã desta quinta-feira,26, de reunião da União...

Festa nos Distritos neste final de semana em Sousânia

20/10/2017

Com objetivo de reconhecer a importância política e econômica dos distritos do município, a Prefeitura de Anápolis promo...