(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Só a duplicação impede o caos da Pedro Ludovico

Cidade Comentários 21 de maro de 2010

Única via para escoar o tráfego de veículos e pedestres de 15 bairros, vai receber, em breve, uma maior carga de movimento


De parte do Governo Municipal, segundo o Prefeito Antônio Gomide, praticamente nada mais impede o início das obras de duplicação da Avenida Pedro Ludovico, trecho entre o Cemitério Parque e a conexão com a BR 060, na região do Posto Presidente. Esta obra, cuja maior parte dos recursos será procedente do Governo Estadual, conforme anúncio do próprio Governador Alcides Rodrigues (PP), é inadiável e, caso não se concretize, pode provocar uma situação caótica no já complicado trânsito naquela parte de Anápolis.
A Avenida Pedro Ludovico, no trecho citado, faz o escoamento natural de veículos e pedestres oriundos de 15 setores, sendo os mais conhecidos os bairros Paraíso; Novo Paraíso; São Joaquim; Vila União; Vivian Park I e II; Residencial Porto Rico; Morumbi; Residencial Jibran, Parque das Laranjeiras e outros. Além disso, a via recebe, invariavelmente, diversos comboios diários, que são féretros para sepultamentos no Cemitério Parque, para onde é levada a maioria dos copos de pessoas que falecem na cidade. Isto porque o Cemitério São Miguel, o outro que é público, já tem a capacidade exaurida e ali só se permitem enterros de corpos cujas famílias já possuam terrenos adquiridos ali. O outro cemitério da cidade, o Memorial, é particular.
A esta situação, acrescenta-se, ainda, uma boa parte do movimento de pessoas que fazem o percurso diário entre Anápolis e Goiânia, optando pela região sudoeste da cidade, evitando passar pela Avenida Brasil Sul, onde, também, é muito intenso o movimento. São milhares de anapolinos que estudam ou trabalham em Goiânia e, vice-versa, goianienses que estudam ou trabalham em Anápolis transitando diariamente pela avenida. Sem se falar que, pela Avenida Pedro Ludovico, escoa-se o trânsito da GO-220, que liga Anápolis a Nerópolis.
Agravantes
E, como se não bastasse, em pouco tempo a Caixa Econômica Federal estará entregando nada menos que 1.200 novas moradias, em conjuntos habitacionais que ficam às margens da Pedro Ludovico, prevendo-se uma população de três a quatro mil novos usuários da Avenida. Isto, sem contar a entrada em funcionamento, ainda este ano, do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia - Ifet - cujas obras estão em fase bem adiantada. O instituto vai abrigar centenas de alunos, professores e funcionários que, igualmente, só terão a Avenida Pedro Ludovico para trafegaram em suas atividades diárias.
De acordo com o Prefeito Antônio Gomide, a contrapartida da Prefeitura para o custeio da obra está garantida. E, segundo ainda o Chefe do Executivo, espera-se para, no máximo, o mês de abril, o anúncio oficial do início da duplicação. Mas, conforme Gomide, ainda não será a resolução definitiva do problema. Existe um outro gargalo complicado para se garantir um trânsito totalmente racional na Avenida. É o trecho entre o Parque da Pecuária e a entrada para o Jardim Calixto. Esse trecho é em pista única e sua duplicação é mais complicada. “Temos de fazer algumas desapropriações e, no momento, a Prefeitura ainda não está em condições de pagar por elas”, declarou o Prefeito.

Alternativas
Na verdade, existem outras saídas técnicas, entretanto, mais dispendiosas e mais demoradas para se equacionar o problema. Fala-se, inclusive, na ampliação da Avenida Cachoeira Dourada, na Vila São Joaquim, que é paralela e funcionaria como pista auxiliar da Pedro Ludovico, aliviando a intensidade do trânsito. Outra solução apontada é criação de alternativas de trânsito ligando a região da Pedro Ludovico, na altura do Instituto Médico Legal e Residencial Jibran, com o Bairro São João, conectando com a Avenida Brasil Sul, nas proximidades dos bairros Jamil Miguel e São João. Há quem diga, por sinal, que, muito em breve, estas mudanças serão feitas obrigatoriamente.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Segundo viaduto da Brasil já tem a primeira rampa pavimentada

12/10/2017

A impermeabilização da rampa sul do viaduto “Idelfonso Limírio”, erguido na confluência da Avenida Brasil e da Rua Am...

Certificado presta homenagem a personalidades anapolinas

12/10/2017

Seis personalidades que em suas ações defendem a vida e a família foram homenageadas durante sessão solene realizada no d...

Passe Livre Estudantil deve funcionar a partir do dia 17

12/10/2017

O programa Passe Livre Estudantil (PLE) deverá começar a funcionar em Anápolis no início da próxima semana, provavelment...

Ministério Público terá nova sede

05/10/2017

Com previsão de as obras começarem a serem executadas ainda este ano, o Ministério Público, em Anápolis, vai funcionar n...