(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sistema terá 43 novas câmeras e plataforma mais moderna

Cidade Comentários 26 de julho de 2013

Novos equipamentos terão transmissão de dados mais rápida, por meio de fibra ótica. Município já pleiteou mais um lote de 20 câmeras no Ministério da Justiça


Anápolis deverá contar com mais 43 câmeras de videomonitoramento até o final deste ano. Segundo informou ao CONTEXTO o assessor especial de Segurança Pública da Prefeitura Municipal, coronel Sidney Pontes, em breve deve ser republicado o edital para a aquisição dos equipamentos, por meio de pregão eletrônico, que é uma modalidade mais rápida. Tão logo sejam cumpridos os prazos legais, deverá ser conhecida a empresa vencedora do certame e a imediata assinatura do contrato para a instalação dos dispositivos.
De acordo com Sidney Pontes, durante o procedimento licitatório, as empresas participantes solicitaram que fosse acrescido ao edital um projeto executivo, detalhando a forma, o modelo e o material a ser utilizado. A sugestão foi acatada no âmbito da Procuradoria, daí, portanto, a necessidade de abertura do novo procedimento. Com isso, inclusive, o sistema atual que funciona em plataforma via rádio, deverá passar para o de fibra ótica, o que irá resultar em mais rapidez na transmissão de dados. “Ou seja: nós teremos um sistema ainda mais ágil e moderno”, ressaltou, acrescentando que a partir desse projeto executivo, que foi elaborado por uma empresa especializada, a instalação, também, será mais rápida.
Em relação aos locais onde serão implantadas as 43 novas câmeras (somando às 25 existentes), o assessor de Segurança enfatizou que essa definição foi feita através do Gabinete de Gestão Integrada do Município, que é composto por várias entidades e corporações. Ele destacou que o GGIM levou em consideração, por exemplo, as demandas em relação à segurança pública, aglomeração de pessoas, proximidade da rede bancária, fiscalização de trânsito e socorro a vítima de acidentes. “Cada setor representado no GGIM contribuiu com informações para que pudéssemos chegar aos locais mais estratégicos”, disse, citando uma novidade que será o monitoramento das vias de acesso e saída da Cidade. Além disso, a videomonitoramento irá atender a várias ruas onde há movimento intenso de comércio e alguns setores mais afastados da região central como as vilas Jaiara e Formosa, assim como o Bairro de Lourdes.
“Hoje, o sistema de videomonitoramento é uma tendência em todo o País, para tornar mais eficiente a fiscalização, atuar preventivamente na segurança e para o ordenamento do trânsito”, pontuou Sidney Pontes, adiantando, ainda, que a Prefeitura já pleiteou junto ao Ministério da Justiça mais um lote de 20 câmeras. Entretanto, neste caso, não há ainda uma definição com relação ao prazo de implantação.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura vai homologar lista de projetos aprovados

19/01/2018

A lista de projetos aprovados para realização com recursos do Fundo Municipal de Cultura foi divulgada no dia 15, mas a hom...

SENAI/Anápolis troca diretoria e anuncia novos projetos

19/01/2018

A Fieg Regional Anápolis, sob a presidência do empresário Wilson de Oliveira, realizou na última segunda-feira 15, a prim...

Obra do segundo viaduto segue, mas ainda sem a data de entrega

19/01/2018

Aproveitando a trégua dada pelas chuvas, a empresa JOFEGE, responsável pela execução do projeto de mobilidade urbana, que...

Repasses encolheram R$ 38 milhões

19/01/2018

As transferências da União para Anápolis registraram uma queda de 14,12% no ano de 2017, em relação a 2016, conforme lev...