(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sistema de pesquisa e geração de dados é implantado

Economia Comentários 12 de junho de 2014

Plataforma permitirá melhor acompanhamento de informações sobre abertura e encerramento de empresas


Desde a última quarta-feira, dia 11, está no ar o Sistema de Indicadores da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg). De acordo com o presidente da Junta, Alexandre Veiga Caixeta, o sistema de pesquisa e geração de dados é pioneiro no País, “sendo inclusive copiado por outras Juntas Comerciais, devido às suas potencialidades”.
Desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), num projeto que foi direcionado a partir das demandas cotidianas por informação e integrou praticamente todos os setores da Juceg, o sistema consegue gerar indicadores como: número de empresas abertas, atividade jurídica, setor econômico, município que está localizada, tipo societário, se é composta por homens ou mulheres, por pessoa física ou jurídica, entre outras informações. “Conseguimos compilar no sistema dados desde o ano de 2004 até o momento atual”, acrescenta Caixeta.
A atualização do banco de dados é mensal. De acordo com o gerência de Tecnologia da Juceg, houve a opção de não vincular ao banco de dados dinâmico do órgão, por questões de vulnerabilidade e para evitar “travamentos no sistema”, que é atualizado na primeira semana de cada mês.
“O novo sistema coloca não somente a Juceg, mas Goiás em um novo patamar de geração de índices que embasam seu processo de crescimento econômico. Esses dados embasam análises e pesquisas socioeconômicas, acadêmicas, mercadológicas, além de matérias jornalísticas, entre outros usos. Eles apontam, por exemplo, quais empresas, de quais segmentos estão se instalando nos municípios do Estado”, exemplifica.
Presidente da Juceg, Alexandre Veiga Caixeta, apresenta o Drive Thru Empresarial. Foto: Eduardo Ferreira
O Sistema de Indicadores está em sua primeira fase de desenvolvimento. Segundo a gerência de Tecnologia, a segunda fase do projeto, que estará pronta em quatro meses, disponibilizará mais dados acerca das empresas abertas em Goiás.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Anápolis tem saldo positivo na geração de empregos em outubro

24/11/2017

Anápolis ficou na sexta posição entre os municípios goianos que mais abriram vagas de empregos formais em outubro e mante...

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...