(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

SIC encerra agenda de 2011 com a eleição de seus dois conselhos

Economia Comentários 24 de dezembro de 2011

No balanço feito durante a última reunião dos conselhos do ProduzirFomentar, o secretário destacou o saldo positivo de R$ 10 bilhões em investimentos privados captados pelo Governo


O secretário de Indústria e Comércio e presidente dos Conselhos Deliberativos do Produzir/Fomentar, Alexandre Baldy, presidiu na manhã da última quinta-feira,22, no auditório Hélio Naves, do Palácio da Indústria (sede da Fieg, 10º andar) a última reunião de 2011 e também a eleição dos Conselhos Deliberativo e Executivo dos programas Produzir e Fomentar.
O evento anual de fechamento das atividades do ano pela SIC reuniu em café da manhã, oferecido pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), os representantes de entidades de classe e dos órgãos governamentais que compõem os referidos conselhos dos programas de investimentos do Governo, as equipes da SIC e da Fieg e a imprensa.
A reunião foi aberta com a eleição dos novos membros da Comissão Executiva do Conselho Deliberativo do Produzir, que confere às entidades representadas o direito de voto no ano de 2013. Em substituição aos conselheiros da Federação dos Trabalhadores na Indústria em Goiás e Tocantins (FTIEG); da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB-GO) e da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg); foram eleitos os representantes da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg); Associação Pró-Desenvolvimento Industrial de Goiás (Adial) e da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg).
Em seguida, o secretário Alexandre Baldy divulgou os resultados alcançados pelas ações dos programas de incentivo do Estado durante todo o ano de 2011, e os comparativos com os anos anteriores, num amplo relatório elaborado pela Superintendência do Produzir/Fomentar.
Foram apresentados dados que revelam o crescimento efetivo da economia nos seus objetivos principais, que dizem respeito ao desenvolvimento socioeconômico do Estado, em setores de base como a geração emprego e renda, aumento do parque industrial do Estado e qualificação de mão de obra profissional para atender as demandas implantadas. Também o investimento proporcionado pelo Estado nas novas vocações econômicas, que somados resultaram no crescimento do PIB goiano a despeito do momento econômico mundial de crise. Baldy apresentou ainda as novas perspectivas para 2012, que preveem a instalação de novas indústrias e atração de novos investimentos para o setor industrial goiano.
Dentre as muitas comemorações do ano que se encerra, o secretário reforçou os números positivos dos R$ 10 bilhões em investimentos privados captados pelo Governo neste ano, num recorde histórico comemorado pelo governador Marconi Perillo em evento especial realizado no Centro Cultural Oscar Niemayer. Destaque para os novos investimentos feitos nas duas plantas industriais aeronáuticas, a montadora de aviões Rekof, que produzirá aviões do modelo Fokker-100 a partir de 2013; e a Thrush Aircraft, que já está em operação, produzindo aviões agrícolas, ambas instaladas em Anápolis (40% dos investimentos realizados) e que colocam o Estado de Goiás no segundo lugar do ranking da produção aeronáutica do país.
O secretário destacou ainda os novos segmentos de investimentos para os setores sucroalcooleiro, com 34% alcançados com a instalação de novas usinas de álcool e açúcar. A exploração de jazidas de calcário para a produção de cimento industrial consumiu 18% dos investimentos, que resultaram na mudança da performance econômica de Goiás. Estes foram os maiores volumes de atração de investimentos nesses setores. Antes, nos últimos 40 anos, predominavam investimentos no setor da indústria alimentícia, que hoje produzem com excelência atomatados, biscoitos, massas, entre outros.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...