(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sete disputam a eleição para o Governo de Goiás

Política Comentários 04 de julho de 2014

Eleitor terá um leque grande de opções para fazer a escolha dos seus representantes nos maiores cargos do Estado e do País


Salvo alguma mudança de última hora - o que ainda é possível, já que os partidos podem fazer alterações nas atas das convenções, antes do registro oficial dos seus candidatos, até o prazo que se expira neste sábado, 05 - o quadro das eleições majoritárias para o Governo de Goiás e para a Presidência da República, está praticamente definido.
Em relação à sucessão estadual, a disputa de 2014 deverá contar com sete concorrentes, sendo que os partidos que têm a cabeça de chapa, são: PMDB; PT; PSDB; PSB; PCB, PSDC e PSOL.
O PMDB será liderado com Íris Rezende, que já foi governador por duas vezes e está disputando o cargo pela terceira vez. Ele terá, na chapa, como vice, o Deputado Federal Armando Vergílio, do Solidariedade e, Ronaldo Caiado, do Democratas, disputando a vaga do Senado. Nesta eleição, o PMDB contará com o apoio, além do DEM e do SDD, do PPL, PRTB, PC do B e do PTN.
O PSDB terá Marconi Perillo como candidato à reeleição e, na vice, o atual ocupante do cargo, José Éliton, do PP. A vaga no Senado será disputada pelo Deputado Federal Vilmar Rocha (PSD). Além desses três partidos que formam a chapa majoritária, a aliança terá, ainda, as seguintes agremiações: PTB; PPS; PMN; PT do B; PR; PV; PEN; PRB; PDT; PTC; PHS; PSL, Pros e PSDC.
O Partido dos Trabalhadores não conseguiu atrair outras siglas e montou uma chapa “puro sangue”, encabeçada pelo ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide, que terá como vice Tayrone Di Martino, Vereador em Goiânia e a Deputada Federal Marina Sant´Ana, candidata ao Senado Federal.
O PSB terá como candidato ao Governo de Goiás, o ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso, que já disputou o cargo no pleito de 2010. Ele terá como vice na chapa o professor Alcides Ribeiro Filho (PSC) e, para concorrer ao Senado, também do PSB, Aguimar Jesuíno. A aliança, ainda, conta com o PRP.
O PCB mais uma vez sai com a candidatura de Marta Jane. Os candidatos a vice e a senador na chapa são Felipe Rodrigo e Antônio Vieira Neto, respectivamente, ambos do PSTU.
O PSOL, também, tem chapa majoritária “puro sangue”, encabeçada pelo professor Wesley Garcia, candidato a Governador; Cíntia Dias, Vice e Élber Sampaio de Araújo, candidato ao Senado, sendo o mesmo de Anápolis.
O PSDC aprovou em sua convenção a candidatura do advogado Alexandre Magalhães, como candidato ao Governo de Goiás. A chapa é completada por Rodrigo Adorno na Vice e Aldo Muro, candidato ao Senado, ambos, também, do PSDC.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Deputado apoia luta contra erotização precoce

15/02/2018

Presidente da Comissão da Criança e Adolescente da Assembleia Legislativa de Goiás e da Frente Parlamentar Interestadual d...

Ex-Governador Irapuan Costa Jr. assume o comando da segurança

15/02/2018

O governador Marconi Perillo deu posse nesta quinta-feira, 15, ao novo secretário de Segurança Pública, o ex-governador e ...

Projeto proíbe partidos de mudarem de nome ou sigla

15/02/2018

Tramita na Câmara dos Deputados projeto de lei (PL 8546/17) da deputada Maria do Rosário (PT-RS) que proíbe os partidos po...

Senador Ronaldo Caiado quer DEM e MDB coligados para eleições 2018

15/02/2018

De passagem por Anápolis, no feriado de carnaval, o Senador Ronaldo Caiado (DEM) admitiu ter seu nome disponibilizado para a...