(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sessão especial em homenagem a Apae

Cidade Comentários 16 de outubro de 2009


A Câmara Municipal foi palco de uma emocionante homenagem. Proposta pelo vereador, Fernando Cunha (PSDB), foi realizada ontem, 14, uma Sessão Especial para comemorar os 40 anos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). “Todos os elogios mencionados aqui, não se equivalem ao quanto a Apae tem trabalhado em benefício de anapolinos que buscam apoio, carinho e compromisso”, declarou o edil em discurso.
Como instituição filantrópica, a entidade tem direcionado atenção às pessoas com deficiência intelectual e vem se destacando como um dos melhores centros de prevenção de doenças do mundo. Com todo merecimento, em setembro deste ano, a Associação comemorou seus 40 anos de fundação e o que não faltaram foram reconhecimentos de políticos, membros classistas e empresários de Anápolis e região.
O evento aconteceu no Teatro Municipal, onde pessoas e instituições que contribuíram ou contribuem para a criação e o engrandecimento do movimento apaeano foram homenageadas com a Comenda do Mérito Apae. Aproveitando a oportunidade, o tucano agradeceu aos presentes, já que naquela ocasião representou o avô e secretário de Estado, Fernando Cunha Júnior; outra pessoa que não se cansa de elogiar a presteza da entidade.
“Como conseqüência do progresso, os 40 anos conquistados ilustram bem uma história de luta, superação, dedicação e força de vontade. E, quanto mais os anos passam, podemos dizer que o trabalho dirigido à população fica melhor, mais atuante e preparado para atender a demanda que cresce a cada dia”, disse Fernando Cunha, que se colocou na solenidade a disposição de todos os membros apaeanos.

Sobre a Apae
Fundada no dia 6 de setembro de 1969, a Associação vem mantendo o respeito com a vida do próximo, tendo como grande alicerce o trabalho desenvolvido pela Escola Maria Montessori, que atende hoje cerca de 500 alunos com deficiências intelectuais, prestando apoio familiar e atendimento nas áreas de educação, artes e lazer. O objetivo é um só: incluir os alunos no ensino regular e no mercado de trabalho.
No entanto, para não basta somente acompanhar e apoiar o desenvolvimento, mas é preciso prevenir. Para isso, foi criado em 1994 o Laboratório da Apae de Anápolis, hoje uma referência em Goiás quando se fala em Triagem Neonatal, já que a Associação oferece gratuitamente o Teste do Pezinho para todos os recém-nascidos goianos, entre outros serviços.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...