(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sequestros em Anápolis são investigados pela DEIC

Violência Comentários 12 de julho de 2014

Outros três crimes, que ocorreram nos últimos 45 dias na Cidade, também são investigados


Um homem de 27 anos foi sequestrado e morto em Anápolis, mesmo após a família pagar resgate de mais de 20 mil. O caso está sendo investigado pelo Grupo Anti-Sequestros da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).
O delegado, Álvaro dos Santos, que deu início às investigações da morte de Hélio Rufino acredita que os autores do crime podem ser os mesmos que cometeram outros três sequestros seguidos de morte, em Anápolis, nos últimos 45 dias. A Polícia Civil também não excluiu a possibilidade dos três casos terem ligação com tráfico de drogas. A vítima tinha passagem pela polícia.
Na manhã desta quinta-feira, 10, alguns delegados e comandantes da Polícia Militar de Anápolis teriam se reunido com o secretário de segurança do Estado de Goiás. O Jornal Contexto tentou entrar em contato com o delegado responsável pelo Grupo Anti-Sequestros da Deic, mas não foi possível até o fechamento desta edição. Na reunião ocorrida em Goiânia, um dos assuntos tratados foi a redução da criminalidade na região, em especial, quanto aos crimes de homicídio. Os casos de seqüestro também preocupam as autoridades da segurança pública, uma vez que estes tipos de ocorrências eram bem raros.

Autor(a): Wanessa Mereb

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Anápolis aparece em relação das cidades mais violentas do Brasil

09/06/2017

Em 2015, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes de Anápolis, ficou em 40,9. Somada às Mortes Violentas com Causa Inde...

Governo diz que Goiás é um dos estados com menor índice criminal

09/06/2017

Os índices de criminalidade em Goiás apresentam queda sequenciada a partir de 2016. Na comparação entre janeiro e maio de...

Judiciário quer ações práticas para reduzir criminalidade em Anápolis

02/06/2017

A busca de soluções para o crescente aumento do índice de criminalidade em Anápolis foi debatida no final da tarde da úl...

Emanuelle Muniz e Emanuelle Ferreira: passageiras da agonia

04/05/2017

Emanuelle Muniz Gomes tinha 21 anos. Era transexual. Bela; extrovertida; meiga, alegre e filha carinhosa. Apesar da pouca ida...