(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

SENAI/Anápolis troca diretoria e anuncia novos projetos

Cidade Comentários 19 de janeiro de 2018

Professora Misclay Marjorie, responderá pela Faculdade Roberto Mange


A Fieg Regional Anápolis, sob a presidência do empresário Wilson de Oliveira, realizou na última segunda-feira 15, a primeira reunião ordinária de 2018. O encontro contou com a participação do diretor regional do Senai, Paulo Vargas. Na ocasião, ele fez a apresentação formal da nova diretora da Faculdade de Tecnologia Senai “Soberto Mange”, a professora Misclay Marjorie Correia da Silva.
A nova gestora da instituição está há vários anos no Sistema Fieg e, mais recentemente, atuou como gestora da Faculdade de Tecnologia “Ítalo Bologna” e do Instituto Senai de Tecnologia em Automação. “É uma pessoa que está dentro do perfil para continuarmos a prestar um serviço de qualidade em Anápolis”, ressaltou Paulo Vargas, acrescentando que a Fatec Senai “Roberto Mange” é um patrimônio e tem sua história ao desenvolvimento do Município”.
O presidente da Fieg Regional Anápolis, Wilson de Oliveira, ressaltou que a entidade e os Sindicatos das Indústrias estarão, como sempre, trabalhando em parceria com com o Senai, o Sesi e o IEL e que, dentro dessa parceria, é necessário valorizar a atuação dos Sindicatos, os quais se constituem como fortes elos de ligação entre a indústria e o Sistema Fieg e suas casas.
Da mesma forma, a nova diretora da Fatec Senai “Roberto Mange”, professora Misclay Marjorie, disse que a intenção é fazer um trabalho de mão dupla dentro dessa parceria, observando as demandas de cada entidade.
Ainda na reunião, Wilson de Oliveira informou que está avançando o projeto que visa a implantação da sede própria da Regional. Conforme adiantou, já está em fase de definição a aquisição de um terreno para a edificação.
A reunião teve a presença dos presidentes do seis sindicatos abrigados na Regional: Wilson de Oliveira, Sindicato das Indústrias de Alimentação de Anápolis (SindAlimentos); Anastácios Apostolos Dagios, Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Anápolis (Sinduscon-Anápolis); Robson Peixoto Braga, Sindicato das Indústrias Matalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Anápolis (Simmea); Jair Rizzi, Sindicato das Indústrias do Vestuário de Anápolis (Siva); Laerte Simão, Sindicato das Indústrias Cerâmicas do Estado de Goiás (Sindicer/GO) e Heribaldo Egídio, Sindicato das Indústrias Farmacêuticas no Estado de Goiás (Sindifargo).

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...