(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

SENAI amplia oficina de mecânica automotiva

Geral Comentários 21 de dezembro de 2012

Unidade ganhou uma mini-linha de produção que vai oferecer curso de montador de veículos em parceria com a CAOA-Hyundai


A Faculdade de Tecnologia (Fatec) SENAI “Roberto Mange” inaugurou, na última terça-feira, 18, a ampliação da oficina de mecânica automotiva, que a partir de janeiro próximo irá funcionar com novos cursos, inclusive, na área de montagem de veículos, numa parceria com a montadora CAOAHyundai. Uma mini-linha de produção foi implantada dentro das novas instalações, inauguradas com as presenças do Prefeito Antônio Gomide; do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás, Pedro Alves; pelo diretor regional do SENAI, Paulo Vargas; pelo coordenador nacional de Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas da CAOA, Evandro Miguel.
O diretor da Fatec SENAI, Francisco Carlos Costa, informou que a oficina foi ampliada em mais de 700 metros quadrados, ocupando, hoje, um espaço de 1,4 mil metros quadrados de área construída. Esse novo espaço comportará - segundo ele - a ampliação dos cursos já existentes na área de mecânica voltados à parte de manutenção e ao centro de formação da CAOAHyundai, que já recebe demandas de concessionários e plantas de outras partes do País, para a formação de recursos humanos nas empresas que trabalham com a marca. A partir do ano que vem será dado um passo importante, que é o curso de Mecânico Montador Veicular, cujo plano está pronto e aguarda a aprovação.
O coordenador nacional de Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas da CAOA, Evandro Miguel, lembrou que a parceria com o SENAI começou ainda em 2006, com o recrutamento das primeiras turmas de trabalhadores para a montadora. Em 2008, houve um treinamento para a rede de concessionárias do Brasil e, no ano que vem, inicia-se esta nova etapa, ou seja, o curso de montador.
O presidente regional do SENAI, Paulo Vargas, destacou que a unidade de Anápolis, a primeira a funcionar em Goiás tem, ao longo dos anos, passado por diversas ampliações, segundo ele, com o objetivo de estar cada vez mais próxima das necessidades da indústria local e regional. “Essa mini-linha de produção em parceria com a Hyundai é um exemplo”, enfatizou, adiantando que, no final de 2013, ou no começo de 2014, o SENAI de Anápolis irá abrigar o Instituto de Tecnologia, com foco na prestação de serviços para as indústrias, sobretudo, na área de química. Num rápido balanço, ele apontou que, este ano, a unidade recebeu cerca de 18 mil matrículas nos diversos cursos oferecidos e para o ano que vem, a expectativa é de se chegar a mais de 19 mil matrículas. “Nosso esforço é para que as oportunidades de empregos geradas sejam preenchidas pelos trabalhadores de Anápolis e região, com pessoas qualificadas desde o ensino básico à profissionalização”, frisou.

Motores
O presidente da Federação das Indústrias do Estado (FIEG), Pedro Alves de Oliveira, ressaltou que Goiás é um dos estados mais emergentes da Federação e necessita de mão-de-obra qualificada. “Essa é uma luta diária e aqui nós temos tido a felicidade de encontrar parceiros fortes, como a CAOA/Hyundai, que nós acompanhamos desde o início e a Prefeitura, que implantou um Centro de Formação no Conjunto “Filostro Machado” e está com mais dois outros centros projetados. Com isso, vamos levar o ensino técnico-profissionalizante aos bairros de Anápolis ampliando as oportunidades de geração de emprego e renda”, salientou. Pedro Alves disse ainda que a CAOA estuda projeto para implantar uma planta para a produção de motores dos carros fabricados na unidade fabril. “O que é algo espetacular, pois teríamos outros investimentos nas áreas de peças e acessórios”, pontuou, dizendo que a Mitsubishi, em Catalão, está avançando nessa direção.

Indicadores
O Prefeito Antônio Gomide, em seu pronunciamento, destacou que a sua Administração tem trabalhado muitos projetos na área de geração de emprego e renda em parceria com o Senai. Ele destacou que além do Centro de Formação no Filostro Machado, está sendo construído um no Setor Industrial Munir Calixto e mais dois outros serão implantados - no Recanto do Sol e na região da Vila Mariana. “Os indicadores mostram que a Cidade está no caminho certo e as parcerias, como a que temos com o Sistema FIEG, são importantes, porque ninguém faz nada sozinho”, sublinhou.

os dados recentes de indicadores econômicos que projetam o dinamismo do desenvolvimento econômico de Anápolis. O Chefe do Executivo citou a pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que atribuiu nota 08 ao Município na avaliação que engloba parâmetros de educação, saúde e geração de emprego e renda. E, também, o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Instituto Mauro Borges, da Secretaria Estadual de Planejamento, sobre o PIB local que, no ano de referência da pesquisa (2010), bateu a casa de R$ 10 bilhões, sendo o segundo maior do Estado, ficando atrás, apenas, de Goiânia.
Gomide

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...