(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Semana Nacional registra redução de acidentes em ruas e rodovias

Trânsito Comentários 21 de setembro de 2017

Dados da CMTT apontam redução no índice de acidentes com mortes. Campanha pretende diminuir mais ainda


A redução dos índices de violência no trânsito demonstra que as políticas públicas municipais de educação para o setor estão avançando em Anápolis. Os dados foram repassados pela Polícia Militar à Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) na segunda-feira, 18, por ocasião da abertura da Semana Nacional do Trânsito. Segundo o levantamento, entre janeiro e agosto, houve queda do número das principais ocorrências, se comparados com igual período do ano passado. De acordo com os dados, acidentes sem vítima caíram de 1.694 para 1.076, representando diminuição de 36,4%. Acidentes com vítima não fatal ficaram estáveis, oscilando de 1.034, em 2016, para 1.062, em 2017. Já as vítimas fatais, passaram de 43 para 25, com redução de 58%.
Mas as atitudes desmedidas de uma parcela significativa da população anapolina já é responsável por 7% dos acidentes de trânsito ocorridos em Goiás, segundo dados do Detran– GO. A informação foi repassada pelo gerente de Habilitação do órgão, Rodrigo Rezende, durante a blitz educativa em frente à Santa Casa de Misericórdia. A ação, em parceria com a CMTT, faz parte da Semana Nacional do Trânsito, que vai até o dia 25 próximo.
O assunto é muito sério, mas durante a atividade, palhaços e malabaristas da Escola de Circo deram um tom lúdico para chamar a atenção de pedestres e condutores para a importância da travessia segura pela faixa de pedestres. As crianças são alvo especial de interesse, por terem maior poder de assimilação e por serem fiscais natos.
Em outubro, elas terão acesso à Escolinha de Trânsito, que vai receber alunos das unidades municipais de ensino para noções básicas, nas dependências da CMTT. O projeto está sendo concluído.
A abordagem faz parte da programação que prevê visitas às escolas e empresas, e uma série de outras atividades, que estão vinculadas ao caráter educativo das prerrogativas do município. “É preciso desenvolver iniciativas preventivas e que reflitam na conscientização das pessoas. As campanhas podem alcançar a todos, de forma ampla e sem restrições”, disse o diretor da CMTT, Carlos César de Toledo.
Eziele Almeida Silva, 27, moradora do Residencial Copacabana, comprova a eficácia do trabalho desenvolvido. Ela saía da Santa Casa quando recebeu instruções. “O fiscal me disse pra fazer sinal com a mão, na hora de atravessar”, disse a mãe acompanhada da filha de apenas um mês. “Dá mais segurança”, completou.
Mas, também é preciso oferecer infraestrutura de trânsito para a população. O diretor da CMTT informa que a Prefeitura já interviu em todo o quadrilátero central, com sinalização horizontal, vertical e reflexiva. “Já alcançamos as principais 25 avenidas da cidade e agora vamos em direção aos bairros”, salientou.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Trânsito

Veículo clonado pode trocar de placa

02/11/2018

A portaria nº 854/2018 do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) estabelece a substituição dos caractere...

Plano para a redução de mortes e lesões no trânsito

27/09/2018

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresentou, na última terça-feira,25, em Brasília (DF), o Plano Nacional de Redu...

Semana Nacional do Trânsito tem simulador de impacto em Anápolis

20/09/2018

Pode parecer pouco, mas se um condutor que dirige um veículo sem cinto de segurança a 6 km/h, sofre uma colisão, com o imp...

Justiça móvel já atendeu a mais de 100 mil casos

05/07/2018

De acordo com dados do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado...