(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Segurança é requisito fundamental para o desenvolvimento da cidade

Política Comentários 22 de setembro de 2016

Candidatos à Prefeitura de Anápolis apresentam suas propostas para este setor que, hoje, é considerado uma prioridade e um desafio para as gestões públicas municipais


Na sequência da série de propostas dos candidatos, o tema proposto pelo Jornal CONTEXTO é: Segurança. Até alguns anos atrás, as administrações municipais não davam muito destaque às ações nesta área, pois a mesma, conforme preconiza a Constituição, era tomado como um dever exclusivo do Estado.
Com o tempo e com o aumento da escalada da violência, esta percepção mudou e os municípios começaram a atuar com uma maior ênfase no setor, em parceria com as forças de segurança, sobretudo, com as polícias Civil e Militar. No caso de Anápolis, a Prefeitura conta com uma assessoria especial de segurança e o Gabinete de Gestão Integrada do Município (GGIM), ao qual está vinculado o sistema de videomonitoramento com câmeras. Mas, é preciso avançar mais, porque é no município onde se concentram os problemas. Vamos às propostas dos candidatos:

PROPOSTAS DE CARLOS ANTÔNIO

Não seremos omissos. A transferência de responsabilidades sem nenhuma providência tem colaborado para o aumento do índice de violência no município. Entendo que se o problema está aqui, é aqui que ele deve ser resolvido, em parcerias com o Governo Estadual e sociedade civil. Para isso, transformaremos a atual Assessoria de Segurança em Secretaria Municipal, com maior estrutura para os investimentos necessários no combate ao crescente índice de violência com a estruturação e formação da Guarda Civil Municipal, conforme a Lei Federal nº13.022/2014. E na estrutura organizacional da Guarda Civil Municipal, criar a Guarda Escolar, a Guarda Patrimonial e a Guarda Cidadã. Articularemos também junto ao Estado de Goiás e ao Governo Federal para garantir verbas para as demandas necessárias para controle, combate à violência e desenvolvimento de uma cultura de paz.
Trabalharemos as intervenções públicas na cidade, objetivando evitar e/ou reduzir os atos infracionais de crianças e adolescentes com políticas públicas práticas que funcionem. E investiremos em ações mais eficazes no combate à violência, como, integrar e sistematizar a segurança pública, pelo envolvimento das instituições públicas de segurança, como a Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e outras, em caso de necessidade extrema. Implantaremos no município de Anápolis uma Central de Operações de Segurança que possibilite a todas as forças de segurança, inclusive os órgãos municipais, potencializar as ações e compartilhar os recursos tecnológicos. Ainda, envolveremos os órgãos municipais detentores do poder de polícia, para a realização de atividades com viés de segurança, executadas de forma integrada com forças policiais para neutralizar fatores de risco que possam originar crimes. Além de investir em tecnologias de segurança eletrônica e trabalhar de forma eficaz para que essas possam gerar informações que propiciem antecipação ágil da ação criminosa.

PROPOSTAS DE ERNANI DE PAULA


O primeiro aspecto ao se abordar a questão da segurança pública é a necessidade de desconstruir a ideia equivocada de que o poder público municipal não é responsável pela área, no que pese a Constituição estabelecer que os estados devem responder por ela. Tenho plena consciência de se tratar de uma demanda enorme e que somente pode ser enfrentada com a contrapartida das prefeituras.
Assim, a exemplo do que fiz em minha primeira gestão, vou priorizar a segurança, adquirindo de pronto 125 viaturas para Policia Militar e contratanto 250 servidores para o banco de horas da PM, que terá ainda sua remuneração dobrada, passando dos atuais R$ 16/hora para R$ 32/hora. Também vou criar o banco de horas da Polícia Civil, além de reformar e construir novas delegacias.
Vou implantar a Guarda Municipal, que criei em minha primeira gestão, implantar a Guarda Civil Comunitária e a Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social, instituir o Fundo Municipal de Segurança Publica e criar o Programa Vizinhança Solidaria.
Meu plano de governo prevê a ampliação do número de câmeras de videomonitoramento, que serão integradas aos sistemas particulares, ampliando a eficácia do serviço. Também vou criar o Observatório de Segurança e Cidadania, órgão de planejamento, gestão e execução que será integrado pelo GGIM, Guarda Civil, Policia Militar, Policia Civil, representante do Judiciário, Ministério Publico e da Sociedade Organizada.
Igualmente, vou promover a adesão ao Programa Nacional de Segurança Pública, por intermédio de projetos que possam ser custeados tanto pelo Fundo Nacional de Segurança Pública, quanto pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
A meta, com essas e outras ideias, é fazer segurança pública, não apenas esperar resultados e deixar o anapolino refém da violência.

PROPOSTAS DE JOÃO GOMES

A preocupação do prefeito João Gomes da Coligação “Anápolis no Rumo Certo” (PT, PMDB, PPL, PCdoB, PDT, PRP, PSB, PR, PP, PRB e PMN) com a segurança pública, ocupa lugar de destaque em seu plano de governo, assim como saúde e educação, outros elementos indispensáveis. Constitucionalmente falando, o tema é de dever do Estado, mas em Anápolis tem um diferencial: a Prefeitura desenvolve ações específicas que contribuem com o trabalho das instituições de segurança pública.
E para a próxima administração, o plano de governo prevê mais investimentos para aumentar a segurança com ações de prevenção e inteligência, permitindo que a comunidade colabore com o Poder Público, aumentando o sistema de defesa social e proteção à pessoa de bem e ao patrimônio.
Uma das iniciativas será a implantação do projeto Olhar Atento que irá ampliar a Central de Monitoramento com mais câmeras de segurança (com alta resolução de imagem e que enxergam no escuro) nas praças que ainda não têm e em todas as regiões e entradas da cidade.
Outra novidade será a Luz da Segurança que integra câmeras de vigilância particular ao sistema municipal de monitoramento e o eixo monitorado pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal. Além disso, existe aa proposta de aprofundar o engajamento dos conselhos comunitários de Segurança e Tutelares nas ações preventivas de segurança.
Ainda dentro do plano de governo, o prefeito e candidato à reeleição João Gomes, pretende criar a Ciência da Segurança e Inteligência (CSI) que tem como meta promover a pesquisa e a inclusão das ciências aplicadas à redução da criminalidade, bem como interagir com a comunidade acadêmica para realizar estudos visando o entendimento mais apurado do fenômeno da violência/criminalidade.

PROPOSTAS DE JOSÉ DE LIMA

Essa área estratégica atua em várias frentes para contribuir com a segurança no município, uma serie de ações são necessárias para tratar dos assuntos de segurança. A crescente onda de crimes é preocupante, os jornais e noticiários diariamente relatam o aumento da criminalidade e evidenciam a falta de segurança em Anápolis. A população sofre refém da insegurança, vítima da impunidade contra os criminosos, o que os deixa a mercê de uma situação caótica.
Uma Guarda Municipal será criada para contribuir com a segurança nas ruas e praças, colaborando de forma importante para um ambiente mais seguro e harmônico. Zelando sempre pela preservação do patrimônio público e promovendo ambientes mais seguros no convívio urbano. O Conselho de Segurança Pública será um elo complementar. Composto por militares, profissionais experientes e capacitados para atender às demandas da população.
Investir em políticas públicas e trabalhos estratégicos são ações que possibilitarão um combate mais direto à criminalidade e ao tráfico de drogas. É muito importante investir em novas viaturas, equipamentos e serviços de vídeo monitoramento. Proporcionando assim condições adequadas de trabalho aos policiais.
Para atingir ao cerne da questão vamos buscar a ampliação do quadro de servidores e oferecer formação específica para a Guarda Municipal. Fortalecendo assim nossa frente de combate e potencializando o policiamento nos locais onde a criminalidade é maior. Ao integrar os sistemas de todas as instituições municipais de segurança pública, teremos um melhor aproveitamento das informações, promovendo a modernização dos serviços prestados è comunidade.
O combate à criminalidade exige um trabalho estratégico e consistente. Portanto, nossas propostas para a área de Segurança são formadas por ações que integradas que vão contribuir para o aumento da segurança. E nisto vamos nos empenhar, para que a paz possa novamente uma realidade município de Anápolis.

PROPOSTAS DE PEDRO CANEDO


A segurança pública não pode ser tratada apenas como medidas de vigilância e repressão, mas como um sistema integrado e otimizado envolvendo instrumento de prevenção, coação, justiça, defesa dos direitos, saúde e social. Certo disto, vamos criar a Secretaria de Defesa Social que, junto com as Polícia Militar e Civil, irá atuar na segurança de toda a cidade.
Esta Secretaria será composta por um Centro de Inteligência, Comando e Controle e por um Centro de Planejamento Estratégico, que terá como membros a Patrulha Escolar, Centro de Estatística e Mapas de Crimes, Conselho Tutelar, Companhia Municipal de Trânsito e Transportes – CMTT -, Postura e Gabinete de Gestão Inteligente Municipal – GGIM-. Todo o trabalho será realizado em parceria com o Ministério da Justiça, Secretaria de Segurança Pública Estadual, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.
É preciso garantir que a nossa sociedade viva em harmonia. Vamos investir em tecnologia e demais recursos para que Anápolis volte a ser uma cidade tranquila. Isso requer a instalação da Guarda Civil Armada e Desarmada, iluminação moderna em LED e aumento do número e da qualidade das câmeras de monitoramento.
Outra ação da nossa gestão está direcionada aos funcionários de segurança, que vão trabalhar no sistema de banco de horas. Ainda, temos como proposta de governo a instalação de postos policiais nas entradas e saídas da cidade e, também, realizar ações de conscientização das normas de trânsito. O nosso trabalho será constante para que a população tenha proteção.
Acreditamos em um novo tempo de paz em Anápolis, alcançada através das nossas propostas de governo para a Segurança Pública. Contestar qualquer tipo de violência é esperança de paz.

PROPOSTAS DE ROBERTO DO ÓRION


Dizer que o problema da segurança é uma questão apenas dos governos federal e estadual é fugir das responsabilidades. A prefeitura pode e deve contribuir com esse tema. Entre as nossas propostas estão:
- Colocar a Guarda Municipal em prática. No papel ela já existe. Mas é preciso ir para as ruas. O trabalho da Guarda Municipal, cuidando dos espaços públicos de Anápolis libera a polícia para atuar com mais intensidade nos bairros e ainda inibe as ações dos criminosos. Ampliar a vigilância como contrapartida ao Estado.
- Através da Guarda Municipal promover a volta da Patrulha Escolar para dar segurança a pais, professores e funcionários além de proteger nossas crianças contra a violência, o assédio e as drogas.
- Fortalecer o Conselho Comunitário de Segurança no Município.
- Aperfeiçoar o Gabinete de Gestão Integrada Municipal – CGIM com mais capacitação para os servidores, equipamentos e recursos. Ampliação da área de cobertura do Sistema de vídeo monitoramento na cidade e nos distritos, conectando os circuitos fechados de privados ao sistema de monitoramento do CGIM.
- Estimular o trabalho da Defesa Civil nas ações preventivas, de socorro, assistência e recuperação, com o objetivo de evitar desastres e calamidades, atendendo com mais rapidez e eficiência.
- Desenvolver e implantar programas de conscientização e prevenção a violência, criminalidade e drogas na rede de educação municipal.
- Cobrar junto ao governo do estado o aumento do efetivo policial e de equipamentos para as polícias Militar e Civil.
- Oferecer estrutura para expansão das delegacias especializadas de idosos, crianças, deficientes e mulheres.
Ações práticas, efetivas e urgentes. É assim que iremos descruzar os braços da prefeitura para oferecer ao cidadão a segurança que ele merece.

PROPOSTAS DE VALERIANO ABREU

A cidade de Anápolis traz índices preocupantes em relação à criminalidade.
Ainda que a segurança pública seja atribuída ao Governo do Estado, Valeriano acredita que a prefeitura tem o dever de contribuir com a segurança do município. Por isso, Valeriano propõe diversas ações para essa área, seguem as principais:
1 - Implantar Guarda Municipal para garantir a segurança das pessoas que frequentam os espaços públicos como: praças, parques, escolas, bem como proteger o patrimônio público;
2 - Ampliar o número de câmeras do sistema de vídeo monitoramento;
3 - Cobrar do Governo de Goiás o aumento do efetivo de policiais;
4 - Ampliar o Banco de Horas da Polícia Militar, com aumento do valor e pagamento regular;
5 - Cobrar do governador o aparelhamento das polícias civil e militar, com estrutura física e efetivo suficiente para atender às demandas do município;
6 - Criar ações de parceria da população com as forças de segurança, por exemplo: apoiar a PM na implantação da Polícia Comunitária, com a participação dos moradores de cada bairro;
7 - Atenção prioritária à criança e ao adolescente: garantindo o pleno funcionamento dos Conselhos Tutelares; oferecendo educação, esporte, cultura e lazer; promovendo campanhas de combate às drogas;
8 - Criar o Centro Integrado de Coordenação e Controle das forças de segurança e do SAMU.
9 - Auxiliar a PM no combate ao tráfico de drogas, por meio de políticas públicas de prevenção e tratamento de dependentes químicos;
10 - Auxiliar a PM a fim de garantir a segurança na zona rural
Valeriano garante que, quando for prefeito, não medirá esforços para proporcionar mais segurança e tranquilidade aos moradores de todos os bairros da cidade e também da zona rural. Mais informações: www.valeriano20.com / Facebook: Valeriano Abreu

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Câmara homenageia professores com a outorga de comendas

20/10/2017

A Câmara Municipa, realizou, na última terça-feira,17, no Teatro São Francisco, sessão solene para a outorga da Comenda ...

Justiça faz trocar armas com defeito

20/10/2017

O juiz de direito da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Ricardo Prata, acatou ação impetrada pelo Governo de Goiás e d...

Governo faz homenagem a jovens com a comenda

20/10/2017

A ação transformadora da juventude e a reafirmação das liberdades democráticas foram destacadas pelo governador Marconi ...

Baldy relata projeto de fiscalização em insntituições financeiras

19/10/2017

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (18), o projeto de lei que aumenta o poder de Banco Central do B...