(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Segurança Pública afirma que criminalidade diminui em Goiás

Segurança Comentários 03 de maro de 2017

Dados da Secretaria de Segurança apontam que em Anápolis, caíram as ocorrências de roubo e aumentaram as de homicídio


Pelo segundo mês consecutivo em 2017, Goiás registra recuo em todos os 12 índices de criminalidade disponíveis pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP). Em janeiro, as estatísticas já haviam mostrado a tendência de queda geral dos delitos, o que agora se confirma com a divulgação do relatório de fevereiro: se comparado com o mesmo período do ano passado, os homicídios registraram queda 29,46%, enquanto, estupros e tentativas de homicídios recuaram 29,17% e 43,63%, respectivamente.
Também retrocederam os latrocínios (-79,31%), roubos a transeuntes (-33,35%), roubos de veículos (-40,49%), roubos em comércios (-30,34%), roubos em residências (-39,3%), furtos de veículos (-29,77%), furtos em comércios (-24,07%), furtos em residências (-4,87%) e furtos a transeuntes (-34,69%). As estatísticas de janeiro já haviam mostrado essa mesma tendência de queda na criminalidade quando também apresentou retrocesso nas 12 modalidades.
Os resultados positivos são reflexo da política de segurança pública implantada pelo vice-governador José Eliton que esteve à frente da pasta de fevereiro de 2016 a janeiro de 2017. As iniciativas tiveram como base, além da integração das diversas polícias, o planejamento estratégico, o uso da inteligência, da tecnologia no mapeamento e definição de táticas que resultam em alta eficácia. A intensificação do policiamento nas ruas da capital e nas cidades do interior foi outra estratégia que força a queda dos índices de violência em todo o estado.
O novo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Ricardo Brisolla Balestreri, apresentado em coletiva de imprensa pelo governador Marconi Perillo no dia 24 de fevereiro, reconheceu esse esforço ao afirmar que é preciso dar continuidade ao trabalho de valorização das forças policiais goianas, uma das ações centrais implementadas pelo vice-governador José Éliton.
Entre as atividades ostensivas recentes, a Polícia Militar deflagrou no dia 09 de fevereiro a Operação Fecha Goiás. Mais de 2 mil policiais e 600 viaturas estiveram envolvidos na atividade. Na véspera dos festejos deste ano, a PM lançou a Operação Carnaval. Além do efetivo de 800 homens, foram incluídos recursos tecnológicos e profissionais, como radares, etilômetros e balanças. No total, 35 municípios estratégicos tiveram o reforço na segurança.
Goiânia
A queda nos índices obtidos pelo estado são reflexos dos números apurados nas principais regiões goianas. A capital também apresentou recuo na totalidade de ocorrências reativas. Os homicídios caíram 19,09%, os estupros contraíram 68,5% e as tentativas de homicídios recuaram 60%. Houve recuo nas cinco naturezas de roubos: a transeuntes (-36,22%), de veículos (-50%), em comércios (-32,95%), e em residências (-35,88%). A redução chegou a 31,35% nos furtos de veículos e a 36,09% nos furtos em comércios. Os furtos em residências e a transeuntes caíram, pela ordem, 13,52% e 34,84%.
A
nápolis
De acordo com a SSPAP, em Anápolis, todas as naturezas de roubos analisadas apresentaram queda em fevereiro. Os roubos a transeuntes caíram 33,13%, os roubos de veículos baixaram 26,67% e os roubos a comércio despencaram 75%. O recuo dos roubos em residências atingiu 46,67%. Também tiveram queda no mês os furtos de veículos e em comércio, que contraíram, respectivamente, 42,37% e 39,68%. Não foi registrado nenhum estupro na cidade no período.
Por outro lado, os homicídios tiveram acréscimo de 14,29%, e as tentativas de homicídio oscilaram positivamente em 8,33%. Os furtos em residências aumentaram 15,79%, enquanto os furtos a transeuntes cresceram 55,58%. Aconteceu um latrocínio na cidade no mês passado.
Carnaval
A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) divulgou também os números da violência no período de carnaval. De acordo com a estatística, Goiás teve este ano um carnaval bem menos violento que a festa do ano passado. Todas as ocorrências consideradas como de alta prioridade apresentaram queda nos índices. Para efeito de comparativo foi utilizado o período compreendido entre a sexta e terça-feira, datas que antecedem e encerra a festa.
Neste carnaval, segundo a SSPAP, houve redução de 44% nos homicídios praticados no estado. Houve redução, ainda, nos roubos em residências (-27%), roubos de veículos (-56%), roubos a transeuntes (-53%), furto em residências (-28%), furtos de veículos (-41%), furtos a transeuntes (-52%), latrocínios (-91%), tentativas de homicídios (-44%) e estupros (-20%).
Na capital, dez das 12 naturezas criminais monitoradas mostraram declínio. Os roubos e furtos a transeuntes apresentaram as maiores quedas. Enquanto os roubos de veículos e a transeuntes registraram quedas respectivas de 61% e 58%, os furtos nessas modalidades caíram 55% e 53%. Os furtos e roubos nas residências goianienses recuaram 33% e 7%, nessa ordem. As tentativas de homicídios despencaram 91%, e os latrocínios 100% (nenhum caso na capital). Já os casos de homicídios tiveram aumento de 14% (Foram oito casos contra sete no ano passado).

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...