(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Sefaz: Operação para receber IPVA vencido

Trânsito Comentários 03 de dezembro de 2009


A Secretaria da Fazenda e a Polícia Militar realizam operação nas rodovias goianas para cobrar o IPVA atrasado de veículos goiana, vencido de 2004 a 2009. O trabalho utiliza equipamento especial móvel que faz a leitura da placa dos veículos em trânsito e permite saber de imediato se o proprietário está devendo o imposto ou se o carro foi roubado.
A operação já começou e será realizada de surpresa em vários pontos do Estado durante este mês. Será exigido dos devedores de IPVA o pagamento na hora. Quem não pagar será multado, o que aumenta o valor do imposto em 100%. O aparelho de leitura será mudado de localidade a cada duas horas. Cerca de 50 mil veículos circulam no Estado com o IPVA vencido. Todos os proprietários já receberam nos últimos meses, pelos Correios, carta de cobrança enviada pela Sefaz.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Trânsito

Veículo clonado pode trocar de placa

02/11/2018

A portaria nº 854/2018 do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) estabelece a substituição dos caractere...

Plano para a redução de mortes e lesões no trânsito

27/09/2018

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresentou, na última terça-feira,25, em Brasília (DF), o Plano Nacional de Redu...

Semana Nacional do Trânsito tem simulador de impacto em Anápolis

20/09/2018

Pode parecer pouco, mas se um condutor que dirige um veículo sem cinto de segurança a 6 km/h, sofre uma colisão, com o imp...

Justiça móvel já atendeu a mais de 100 mil casos

05/07/2018

De acordo com dados do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado...