(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

Economia Comentários 09 de novembro de 2017

Empresários do DAIA reclamam de atuação da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Goiás


O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucionar reclamações de empresários sediados no Distrito Agro Industrial de Anápolis em relação à atuação da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Goiás, autarquia vinculada à SED, que administra 35 distritos/condomínios industriais do Estado, nos quais estão assentadas mais de 2,2 mil indústrias.
O assunto foi tratado na última quarta-feira, 08, durante participação do secretário na reunião da Associação Comercial e Industrial de Anápolis. O presidente Anastácios Apostolos Dagios afirmou que muitas reclamações têm chegado à entidade, apontando que a Companhia estaria agindo com um rigor demasiado junto às empresas do DAIA. Inclusive, na reunião, citou o caso de um empresário pioneiro do Distrito, que atua no ramo de posto de combustível, que vem sendo acionado pela Codego por ter feito algumas sublocações na sua área, por exemplo, para instalar uma borracharia. Para o presidente da ACIA, não é justo que uma empresa, com quase 40 anos de atuação, agora, passe por um grande transtorno. Também, há o caso envolvendo um laboratório do DAIA que merece acompanhamento especial.
O secretário Francisco Pontes salientou que reconhece o papel da Codego de atuar em conformidade com a legislação, mas também afiança que é necessário ter uma boa relação com o empresariado.
Durante a reunião, Pontes foi questionado se há muitas reclamações por parte de empresários sediados em outros distritos industriais administrados pela Codego. A resposta foi negativa. Segundo o secretário, houve, recentemente, uma reclamação de Jataí, em relação a uma questão de posse.
Francisco Pontes disse que trabalha junto com a Codego, para solucionar problemas de posses irregulares de áreas no DAIA. Adiantou que já está próximo de uma solução, a alocação de recurso, no valor de R$ 8 milhões, para investimento na melhoria da Estação de Tratamento de Esgoto do Distrito.

Piancó
Durante a reunião, o secretário solicitou à presidente da Associação dos Produtores do Piancó, Eliete Mendes, o agendamento de uma reunião na secretaria, onde alguns projetos serão discutidos para contemplar os trabalhos desenvolvidos na região, que é um cinturão de hortifrutigrangeiros. “Vamos ter boas notícias para vocês”, disse, sem antecipar, por enquanto, que projetos devem ser apresentados.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Goiás terá maior aporte de recursos para o setor agropecuário em 2018

19/01/2018

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) destinou em 2017 mais de R$ 7,7 bilhões para investimentos em ...

Receita Federal arrecada mais de R$ 4 bi em 2017 no Município

19/01/2018

Depois de resultados negativos nos dois últimos anos, as arrecadações fazendária e previdenciária acumuladas na área de...

Exportações por Anápolis fecham 2017 com queda preocupante

12/01/2018

As exportações feitas por Anápolis fecharam o ano de 2017 com uma queda de 31,02% frente ao ano de 2016, conforme os dados...

Anápolis termina 2017 com bom estoque de empregos formais

29/12/2017

Apesar da grande diferença na comparação com o mês de outubro, Anápolis manteve o saldo positivo na geração de emprego...