(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Secretário recebe queixas de morosidade em licenciamentos

Geral Comentários 14 de maio de 2015

Vilmar Rocha, titular da Pasta de Meio Ambiente, disse que atribuições do Estado e do Município são claras, mas vai atuar para solucionar problemas dos empresários


Atendendo ao convite do jornalista Vander Lúcio Barbosa, membro do Conselho Diretor da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), o secretário estadual do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha, se reuniu com empresários para debater vários assuntos de interesse do segmento. Na ocasião, o presidente da entidade, Anastacios Apostolos Dagios, entregou um documento contendo as reivindicações da classe empresarial.


Dentre as questões apresentadas, está a dificuldade que muitos empresários de Anápolis enfrentam com relação à morosidade na expedição de licenciamentos ambientais. Em muitos casos, alguns desses licenciamentos, de pequena monta, são encaminhados para Goiânia. E, não raro, ocorre de o procedimento solicitado ser mandado de volta. Ou seja, estaria havendo um conflito de atuação, o que vem causando enormes transtornos e, mesmo, prejuízos ao setor produtivo.


Também, foram colocadas para o secretário, as dificuldades que empresários estabelecidos ou que vão se estabelecer no Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA), estão enfrentando em face das duras exigências da Goiasindustrial, a companhia responsável pela criação e manutenção dos distritos industriais do Estado. E, ainda, foi feito um pedido para que a Pasta estadual do Meio Ambiente faça algum tipo de intervenção no intuito de solucionar, em definitivo, o problema do mau cheiro na Cidade (veja matéria nesta edição).


De posse do documento, Vilmar Rocha afirmou que irá se inteirar de cada caso. Na questão dos licenciamentos, ele salientou que, hoje, em Goiás, 53 municípios - dentre eles Anápolis - estão com a gestão municipalizada na área de meio ambiente e, no seu entendimento, não há motivo para que as licenças de pequena monta, ou seja, quando não envolve grande impacto ambiental, não sejam expedidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No âmbito estadual, ele informou que determinou à equipe técnica a que promova um estudo a fim de agilizar os processos de licenciamentos.


Após a reunião, o jornalista Vander Lúcio Barbosa e o presidente do Municipal do PSD local, Thiago Souza, tiveram um contato com o secretário municipal do Meio Ambiente, Céser Donizete, e foi proposta uma reunião com as pastas - municipal e estadual - a fim de se promover um maior estreitamento de laços para solucionar as demandas formuladas pela classe empresarial.


 


Polo Estadual de Logística é anunciado


Durante a reunião com os empresários na ACIA, o secretário estadual do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha, fez um anúncio: o Governo está contratando uma empresa especializada, do Rio de Janeiro, para elaborar os estudos de viabilidade técnica e econômica para implantar o Polo Estadual de Logística, que terá Anápolis como ponto de referência.


De acordo com Vilmar Rocha, tão logo os estudos estejam prontos, a secretaria irá buscar os recursos necessários para viabilizar a iniciativa que, em sua opinião, vem de encontro a fazer com que Anápolis se torne um dos principais centros de distribuição do País. “Essa é uma vocação natural da Cidade”, frisou, acrescentando que se trata de um projeto grande, ao lado de uma série de outros que estão em andamento na Pasta.


O secretário também informou que o projeto para a implantação do trem de média velocidade entre Brasília-Anápolis-Goiânia não está parado. Até o mês de agosto - disse - deve ficar pronto o estudo de viabilidades técnica, econômica e ambiental. Vilmar Rocha afirmou se trata também de um projeto arrojado e que demanda altos investimentos.


“Nós temos que aproveitar este momento de ajuste da economia, para elaborarmos projetos e fazer um planejamento daquilo que queremos para que, no ano que vem, possamos alavancar tudo aquilo que foi planejado”, sintetizou.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...