(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Secretário da saúde destaca “descentralização do atendimento”

Política Comentários 20 de fevereiro de 2015

Em 2014, 1530 pessoas procuraram o Municipal no feriado carnavalesco. Neste ano, os atendimentos naquela unidade foram reduzidos para 589


O número pessoas atendidas em hospitais de Anápolis durante o carnaval evidenciou uma tendência para a descentralização do atendimento. A mudança no quadro, evidenciada pelo Secretário de Saúde, Luiz Carlos Teixeira, pode ser percebida pelo comparativo feito entre os números de 2014 e os deste ano. No ano passado foram atendidas 1530 pessoas no Hospital Municipal, número que caiu para 589 em 2015. Para Teixeira, este fato mostra que pacientes de urgência e emergência “migraram” para a Rede Municipal. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas - Vila Esperança) seria uma das responsáveis por esta migração de pacientes. Um total de 903 pessoas recebeu atendimento durante o carnaval na UPA.
O levantamento levou em conta procedimentos feitos a partir da meia noite de sábado (14) até o mesmo horário de terça-feira (17), durante as festividades carnavalescas. O Secretário Luiz Teixeira evidenciou que o atendimento de rede, formada por instituições hospitalares públicas e privadas, melhorou. Os números do período, na Santa Casa de Misericórdia e no Hospital de Urgências de Anápolis não foram apresentados pela Secretaria.
Os dados levantados são relativos aos CAIS “Abadia Lopes da Fonseca” e do Jardim Progresso, Hospital Municipal “Jamel Cecílio” e UPA - 24 horas. A “descentralização do atendimento”, conforme constatou o Secretário, pode ser demonstrada pelo quantitativo de atendimentos no Hospital Municipal no período, que diminuiu. Isto refletiu, através dos números, um alívio para a instituição.
Ele acrescentou que o “Hospital Municipal continua e faz o atendimento em ortopedia”, mas que, pela diminuição da procura em urgência e emergência, o Hospital “faz um atendimento de uma complexidade maior do que fazia antes”. Com a redução na carga que pesava sobre o Municipal, ele apontou ainda que “acabaram-se aquelas filas” de pacientes. A UPA 24 horas e a existência de uma rede de saúde local fizeram com que a população tivesse mais uma opção. “Não há como não funcionar em rede”, destacou o Secretário.
Além das unidades de saúde pública, ele informou que hospitais particulares como o Evangélico Goiano fazem parte da Rede Municipal, recebendo pacientes que necessitam de atendimento mais especializado.
Atendimento
O secretário da Saúde, Luiz Teixeira, indicou que o atendimento durante o Carnaval 2015 foi feito com “escala completa, tanto de médicos, quanto de enfermeiros”. Pontuou, ainda, que várias cidades próximas a Anápolis, como Jaraguá, Goianápolis e Abadiânia, “não têm unidades 24 horas e procuram atendimento por aqui. As unidades (de Anápolis) deram conta do recado”, enfatizou.

Atendimentos durante o Carnaval - 13 a 17 de fevereiro de 2015

Hospital Municipal

2014 - 1530
2015 - 589

UPA 24 horas
2015- 903
Cais Abadia Lopes da Fonseca
2014 - 535
2015 - 585

Cais do Jardim Progresso
2014 - 380
2015 - 678
SAMU

2014
Ligações recebidas: 803
Atendimento com envio de ambulância: 185
Atendimento com orientação: 428
Trotes: 70
Outras ligações: 120

2015
Ligações recebidas: 734
Atendimento com envio de ambulância: 160
Atendimento com orientação: 374
Trote: 50
Outras ligações: 150

Autor(a): Felipe Homsi

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Vereador defende mudança no pacto federativo

08/12/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB) usou a tribuna durante a sessão ordinária da última quarta-feira, 06, para defender mudan...

Prefeito pode fazer uma reforma administrativa no começo do ano

08/12/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) deverá ampliar a reforma em sua equipe, a partir de janeiro próximo. É que algumas Pastas e...

Vereador busca solução sobre fechamento de ruas

30/11/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB), primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal, informou na tribuna do plenári...

“Estamos cansados de esperar o Governo”, desabafa Roberto

30/11/2017

“A Cidade não aguenta mais esperar”. A afirmação é do Prefeito Roberto Naves (PTB), que não esconde mais a sua insat...