(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Secretaria de Indústria e Comércio ganha nova estrutura

Economia Comentários 02 de agosto de 2013

Várias mudanças foram implementadas, com o objetivo de otimizar os serviços da Pasta


Aprovada na Assembleia Legislativa, foi sancionada pelo Governador e já está em vigor no Estado, a Lei nº 18.106/13, que cria, na estrutura organizacional da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (SIC), uma unidade administrativa complementar denominada Gerência da Secretaria Geral, vinculada ao Gabinete do Secretário da referida Pasta. Corresponde ao cargo de provimento em comissão de Gerente, Símbolo CDI-5.
São várias as atribuições dessa gerência, entre elas se destacam: recebimento, registro, distribuição e expedição de documentos do órgão; elaboração de atos normativos e correspondências oficiais do Gabinete do Secretário; comunicação das decisões e instruções da alta direção a todas as unidades do órgão e aos demais interessados; e controle da abertura e movimentação dos processos, no âmbito de sua atuação.
A nova Lei dá ainda as seguintes providências: as Superintendências de Microempresas, de Comércio e Serviços e a Gerência do Programa Minha Primeira Empresa passarão a denominar-se Superintendências de Micro e Pequenas Empresas, de Comércio, Serviços e Vestuário e Gerência do Programa Minha Primeira Empresa e Apoio ao Empreendedorismo.
E mais: a Gerência de Cooperação e Articulação Internacional, vinculada à Superintendência de Comércio e Serviços, passará a ser subordinada ao Gabinete Executivo do Conselho Superior para Promoção de Investimentos e Negócios Internacionais (Promogoiás).
De acordo com a justificativa da Governadoria para implantação da medida, o objetivo da mesma é a de promover o aperfeiçoamento institucional da SIC, alterando a estrutura administrativa e de cargos para melhor desempenho das áreas de resultado, com adequada instrumentalização de competências organizacionais estratégicas de promoção ao desenvolvimento econômico competitivo e sustentável de Goiás. (Com informações da Agência Goiás Agora)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Brasil fechou o ano de 2018 com 62,6 milhões de inadimplentes

17/01/2019

O Brasil fechou o ano de 2018 com aproximadamente 62,6 milhões de brasileiros com CPF negativado. Os atrasos nas contas de ...

Goiás espera resposta do Governo Federal

17/01/2019

A Secretaria da Fazenda esclarece que o trabalho da missão do Ministério da Economia, que está em Goiânia desde segunda-f...

Goiás espera resposta do Governo Federal

17/01/2019

A Secretaria da Fazenda esclarece que o trabalho da missão do Ministério da Economia, que está em Goiânia desde segunda-f...

Anápolis arrecadou mais de R$ 4.5 bilhões em 2018

17/01/2019

A arrecadação de tributos e contribuições federais na área de abrangência da Delegacia de Anápolis da Receita Federal ...