(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Saneago inverte sistema de distribuição na região Leste

Infraestrutura Comentários 31 de agosto de 2013

Desde a última quarta-feira, 28, a água tradada na estação do Jardim das Américas e que vai para a região do Bairro de Lourdes passa por outra adutora


Com o objetivo de equilibrar a distribuição de água potável nos setores mais altos da Cidade, a Saneago colocou em operação um novo sistema que interliga a Estação de Tratamento com os reservatórios da região Leste. Até então, a água era bombeada para um dos reservatórios na região da Vila Formosa e, de lá, enviada para a parte Leste da Cidade. Além de oneroso, o sistema, na avaliação da Saneago, era falho. Há alguns meses foi feita uma nova adutora que, além de diminuir a distância entre os pontos em referência, tem mais praticidade e melhor desempenho técnico. Por enquanto, o sistema está em fase de testes. Na quarta-feira, 28, por exemplo, foi necessário que se fizesse a interrupção no sistema de grande parte da região urbana, para que se completasse a interligação. Nos próximos dias, será feita uma avaliação da nova rota de distribuição. A Gerente da Saneago, Tânia Valeriano Pereira, disse que o novo sistema é confiável e vai permitir uma “folga” maior para que a água seja levada a outros pontos altos de Anápolis, como a região do Morro da Capuava onde, invariavelmente, a população tem sofrido com a falta de água nas torneiras.
Ampliação
A Gerente da Saneago acrescentou que somente com a conclusão do projeto de ampliação de redes de captação e da estação de tratamento de água, ora em execução, é que haverá a garantia de uma oferta segura de água potável na Cidade. De acordo com Tânia Valeriano, o sistema está operando em sua capacidade máxima e, nesta época do ano, com a elevação do consumo, devido à estiagem, qualquer interrupção, por menor que seja, causa transtornos para toda a operacionalidade. O motivo de tal situação é o lapso de mais de 10 anos em que não se aplicaram recursos de forma satisfatória no sistema em Anápolis. O que existe foi concebido na segunda metade da década de 70, com previsão de autonomia para 25 anos. Portanto, há mais de 12 anos que se chegou ao limite previsto e, de lá para cá, a não ser alguns ‘remendos’ e improvisações, pouca coisa se fez para melhorar a oferta de água, assim como de coleta e tratamento de esgotos sanitários. E, a situação só não é pior, porque mais de 20 bairros da Região Oeste são abastecidos com água procedente da Estação de Tratamento do DAIA. Não fosse isso, Anápolis estaria vivendo um verdadeiro caos no sistema distribuidor de água. A ampliação, ora em obras (duplicação do sistema de captação no RibeirãoPiancó, duplicação da capacidade de tratamento na Estação do Jardim dasAméricas e a construção de novos reservatórios em diferentes pontos da Cidade), de acordo com o que está previsto, vai oferecer garantia de água até 2030.
Interligação
E, para este final de semana prevê-se que mais uma obra de grande porte da Saneago virá causar problemas no abastecimento. É que, em decorrência das obras de construção do viaduto no cruzamento das avenidas Brasil Norte e Ana Jacinta, há a necessidade de se interromper a rede mestra, com tubulação de 600 milímetros, responsável pela distribuição de água em grande parte do setor urbano. A rede vai ser redirecionada, trabalho previsto para várias horas. Com isso, residências e estabelecimentos comerciais em geral, que não têm grande reservação de água poderão ficar sem o produto por, até, mais de um dia.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Infraestrutura

Iluminação pública será regularizada com aquisição de novos componentes

18/05/2017

Com uma economia de 55%, foi finalizado ontem o pregão presencial realizado pela Prefeitura de Anápolis de 117 itens de ilu...

Sem investimentos, concessão da BR-153 pode ser cassada pelo DNIT

04/05/2017

A falta de conservação da BR 153, mais conhecida por Rodovia Belém Brasília, tem sido a causa de muitos aborrecimentos, q...

Patrulha recupera estradas vicinais e beneficia produtores

27/04/2017

A Patrulha do Desenvolvimento Regional começou na última segunda-feira, 24, os trabalhos de recuperação das estradas vici...

Removidas as adutoras no primeiro viaduto

12/04/2017

A Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação informa que a empresa JOFEGE - responsável pela construçã...