(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Roberto anuncia “Operação Resgate” para os 100 primeiros dias

Política Comentários 01 de janeiro de 2017

Ao tomar posse, o novo Prefeito de Anápolis exortou a população a colaborar com a Administração para que a Cidade retome o seu status de desenvolvimento em Goiás


Anápolis acordou cedo, no primeiro dia de 2017, para prestigiar a posse dos 23 vereadores e do Prefeito Roberto Naves (PTB) e Siqueira e seu Vice, Márcio Cândido da Silva (PSD), que assumem o comando político-administrativo do Município nos próximos quatro anos. O Teatro Municipal, palco da cerimônia de posse, ficou completamente lotado. Algumas pessoas tiveram de acompanhar o ato por um telão instalado no local.
Antes da posse, Roberto Naves e o então Prefeito João Gomes tiveram uma rápida conversa no gabinete do Centro Administrativo. Eles chegaram juntos ao Teatro, acompanhados pelas esposas e outros familiares. A posse, assim como havia sido um pouco antes a dos vereadores eleitos no dia 02 de outubro, seguiu os ritos protocolares de entrega dos diplomas e declarações de bens, com o juramento e a transmissão do cargo.
O ex-Prefeito João Gomes (PT), ao fazer o seu discurso, fez questão de mencionar o sucessor como um “amigo”, observando que durante a eleição eles estiveram em campos opostos, mas que fora da batalha eleitoral, sempre houve respeito e amizade. Disse que não vai “jogar contra” a atual administração e que espera sucesso de Robeerto e sua equipe. Ele fez um breve balanço da gestão petista, que começou a partir de 2008, com a eleição de Antônio Gomide e que, segundo ele, até os dias atuais, trouxe muitas transformações para Anápolis em todas as áreas e reconhecimento nacional como os prêmios do Brasil Sorridente e Chico Mendes, este último, por seis anos consecutivos, devido ao trabalho desempenhado na área ambiental. Também enfatizou o fato da gestão petista ter pago 104 folhas do funcionalismo, sem haver atraso. Citou, ainda, que está entregando a Cidade com uma arrecadação crescente e com o crescimento do seu PIB além do crescimento registrado em Goiás e no Brasil.

Novo
O Prefeito Roberto Naves iniciou o seu discurso protocolar, agradecendo as autoridades presentes e citando, nominalmente, cada um dos 23 atuais vereadores. Este gesto, segundo ele, foi uma forma de demonstrar que pretende governar em sistema de parceria com o Legislativo local. Ele também fez menção ao seu pai, já falecido, e à esposa, primeira-dama Vivian Cristine Albernaz Naves e suas filhas. E, agradeceu, ainda, ao apoio que teve no primeiro turno de 9 partidos, número este que subiu para 15 no segundo turno.
Com um breve pausa, ele manifestou que, pela última vez, estaria falando na eleição de 2016. “A partir de agora não existe eleitores e eleitos, vencedores e perdedores. Tenho convicção de que assumo a Cidade para trabalhar por todos”, ressaltou Roberto Naves, que obteve, no segundo turno da eleição, 88.730 votos.
Na sequência de seu discurso, ele adiantou alguns princípios que irão nortear a sua gestão, citando entre eles a licitude, a transparência, a eficiência e o equilíbrio. “Seremos, daqui para frente, constantemente avaliados pela população e, dessa forma, o mediano não nos serve. Estamos aqui para fazer a melhor Prefeitura que já tivemos”, assinalou.
No discurso, o Prefeito adiantou que seu primeiro ato no cargo será o que ele batizou de “Operação Resgate”, que é o envolvimento de todas as secretarias, a partir desta segunda-feira,02, primeiro dia útil do ano, para trabalhar no atendimento às demandas da população.
Roberto Naves frisou que Anápolis deve retomar o lugar que Aparecida de Goiânia vem ocupando como a segunda cidade mais importante de Goiás. “Isso é para hoje, o povo não pode mais esperar”, arrematou.
Em entrevista à imprensa, Roberto Naves informou que a Operação Resgate vai abranger uma série de melhorias para a população, como os serviços de tapa-buraco, limpeza urbana, sinalização e uma série de outras medidas.

Déficit
Questionado sobre a situação atual da Prefeitura, Roberto Naves disse que já tem uma ideia do quadro, mas que somente será possível ter uma visão mais ampla, pelo menos num prazo de uma semana, até que todos os secretários possam fazer os levantamentos por áreas da Administração e que, por este motivo, não fará um pronunciamento à respeito. Mas salientou que existe um déficit de caixa de mais de R$ 3 milhões mensais, dívidas e problemas em relação ao Instituto de Seguridade Social dos Servidores, o ISSA. “Mas nós não fomos eleitos para ficar reclamando. Fomos eleitos para resolver os problemas”, sentenciou o Prefeito.

Feirões
O Prefeito Roberto Naves também manifestou, na entrevista coletiva, preocupação em relação aos feirões cobertos. Dois deles foram parcialmente com as fortes chuvas que caíram sobre a cidade no mês de dezembro último. Ele adiantou que, de imediato, equipes serão montadas para avaliar o que pode ser feito e, também, fazer uma vistoria em outros feirões para avaliar as condições dos mesmos.

Câmara Municipal
Em relação à eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal, Roberto Naves avaliou de forma positiva o resultado da eleição, que conduziu à presidência o Vereador Amilton Filho (SD). Segundo ele, não houve interferência de sua parte no processo eleitoral e isso demonstra a sua vontade de acabar com o ideologismo na Administração Municipal.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Vereadores cobram a liberação do “novo” presídio

12/10/2017

Na reunião mensal de delegados regionais de fiscalização e gerentes da Receita, prevista para segunda-feira, dia 9, a Supe...

Câmara Municipal instala frente parlamentar de segurança

12/10/2017

Foi criada na última terça-feira, 10, a Frente Parlamentar de Segurança Pública, uma iniciativa do vereador Pastor Elias ...

Mais de 90% do eleitorado goiano está no sistema de biometira

05/10/2017

O Projeto de Identificação Biométrica da Justiça Eleitoral já superou o percentual de 90% do eleitorado de Goiás. O res...

Fundo de R$ 1,7 bi valerá para 2018

05/10/2017

O Plenário do Senado aprovou no início da tarde desta quinta-feira (5) o PLC 110/2017, que regulamenta a distribuição de ...